Calleri do São Paulo

Atacante Calleri comemora gol pelo São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

LANCE!
02/05/2016
10:00
São Paulo (SP)

Novamente à disposição do técnico Edgardo Bauza após cumprir suspensão na partida de ida entre São Paulo e Toluca (MEX) na última semana, que terminou com goleada tricolor por 4 a 0 no Morumbi, o argentino Jonathan Calleri se diz motivado para o duelo de volta. Em entrevista ao site oficial do clube, o camisa 12 se mostrou empolgado com a possibilidade de ajudar o time em busca da vaga nas quartas de final da Libertadores.

- Estou com muita gana nesta volta, porque estamos em busca da classificação para as quartas de final. Vamos com tudo para lutar pela vaga, e estou motivado para competir e ajudar a equipe. Só a classificação nos interessa, e é com esse pensamento que seguiremos para o México - afirmou o artilheiro são-paulino.

Principal goleador da competição sul-americana com oito gols até aqui, Calleri marcou gols em todos os adversários do São Paulo no torneio: César Vallejo (um), River Plate (dois), Trujillanos (quatro) e The Strongest (um) – o camisa 12 ainda não enfrentou os mexicanos. Com os tentos anotados, o centroavante se igualou a Luis Fabiano (2004) como maior artilheiro do clube em uma mesma edição de Libertadores.

Expulso contra o The Strongest (BOL) na rodada de encerramento da fase de grupos, em La Paz, Calleri não pôde encarar o Toluca no Morumbi. O atacante, porém, foi ao estádio acompanhar a partida e fez elogios ao modo como a equipe atuou. Ele foi substituído pelo compatriota Centurión, que marcou dois gols na golegada por 4 a 0.

- Claro que não queria ficar de fora de um jogo como este, mas a maioria dos jogadores já passou por isso, e infelizmente é comum. Mas, mesmo sem poder atuar, fiquei muito contente com a atuação dos meus companheiros, porque eles fizeram uma grande partida e deixaram tudo no campo. Eles conseguiram um resultado importante, e agora vamos tratar de saber administrar esta vantagem. Assim como na semana passada, temos que jogar os dois tempos com inteligência para buscar a vaga. O time foi bem e mostrou que está firme na disputa - finalizou Calleri.

O atacante treinou entre os titulares neste domingo e deve reforçar o time na quarta-feira, no México. O São Paulo pode perder por três gols de diferença ou quatro, desde que marque um, para avançar às quartas de final da Libertadores. Quem passar pega Racing (ARG) ou Atlético-MG, que empataram no jogo de ida em 0 a 0, em Buenos Aires.