São Paulo x Botafogo-SP

Calleri será a esperança de gols do São Paulo mais uma vez neste sábado (Foto: Mauro Horita/Lancepress!)

Bruno Grossi
02/04/2016
07:40
São Paulo (SP)

O São Paulo não em encontrado facilidades para triunfar nesta temporada. Nos próximos quatro dias, os tricolores viverão momentos decisivos para avançar de fase no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores. Mas, para isso, o time de Edgardo Bauza precisa encarar uma estatística amarga: a equipe só esteve em vantagem no placar em 2016 em 22% do tempo.

Até este sábado, quando o Tricolor terá pela frente o Oeste, às 18h30, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista, foram 19 partidas disputadas, equivalente a 1.710 minutos. Patón e seus comandados venceram somente sete jogos neste período, mas quase sempre passando sufoco para triunfar. Ao todo, foram apenas 381 minutos à frente dos rivais no placar.

Somente em três ocasiões os são-paulinos passaram mais de um tempo em vantagem e não enfrentaram dificuldades para vencer: contra Água Santa (59 minutos, 4 a 0), Mogi Mirim (55 minutos, 2 a 0) e Novorizontino (2 a 0, 71 minutos). As vantagens mais curtas foram contra os peruanos do César Vallejo (três minutos, 1 a 0) e Botafogo-SP (um minuto, 1 a 0).

Nas demais partidas, o São Paulo chegou a sair na frente quatro vezes, mas acabou empatando três vezes e perdendo outra. Por outro lado, também conseguiu evitar a derrota em quatro ocasiões: César Vallejo, Trujillanos (VEN), Santos e Linense - curiosamente, todos jogos terminaram em 1 a 1. Por fim, foram quatro derrotas sem nem sequer balançar as redes do rival.

Para tentar amenizar as dificuldades de vencer, Bauza voltará a apostar em Calleri como referência no ataque. O argentino tem quatro gols em 16 partidas no ano, mas já não marca há dois compromissos do Tricolor. Além disso, Jony foi titular nas últimas quatro exibições do time e poderia descansar neste sábado, mas Alan Kardec está suspenso e não há outra opção de centroavante.