icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
19:46

O São Paulo pode perder seu oitavo jogador em menos de três meses, desde a chegada do técnico Juan Carlos Osorio ao Morumbi no início de junho. A Atalanta (ITA) voltou a fazer investidas pelo zagueiro Rafael Toloi e as negociações pelo jogador de 24 anos, relacionado normalmente para o duelo desta quinta-feira contra o Ceará, estão em estágio avançado. 

A busca dos italianos pelo camisa 2 não é nova. As conversas acontecem desde o fim de julho, quando um scout da equipe europeia assistiu a uma partida do Tricolor com o presidente Carlos Miguel Aidar no Morumbi. Os valores eram mantidos em sigilo, mas devem chegar à casa dos três milhões de euros (cerca de 11,4 milhões). Cabe aos paulistas 25% deste valor: R$ 2,85 milhões.

Nesta janela de transferências internacionais, Toloi já havia sido procurado pelos gregos do Olympiacos. Uma proposta de cerca de R$ 14 milhões chegou a ser entregue ao beque, que optou por seguir no São Paulo, onde tem prestígio com o técnico Osorio. Após as vaias e xingamentos recebidos no sábado após a goleada por 3 a 0 para o Goiás, os objetivos do zagueiro podem mudar.


Toloi disputou 32 partidas nesta temporada (Foto: Reginaldo Castro)

Na temporada passada, a Roma o contratou por empréstimo de seis meses e cogitou comprá-lo em junho, mas não entrou em acordo com os tricolores. Toloi, então, se reapresentou no Morumbi em julho e teve bom desempenho na campanha do vice-campeonato do Brasileirão de 2014. Ao todo, o defensor tem 133 jogos, seis gols e um título pelo Tricolor: a Copa Sul-Americana de 2012.

Se aceitar a proposta do Atalanta, que tem até 31 de agosto para fechar o negócio, Toloi será o terceiro zagueiro perdido pelo clube nos últimos meses. Primeiro, Paulo Miranda foi vendido ao Red Bull Salzburg (AUT). Depois, Dória não teve o empréstimo renovado pelo Olympique de Marselha e retornou à França.

Além da dupla, os são-paulinos ainda perderam os volantes Denilson, para o Al Whada (EAU), e Souza, para o Fenerbahçe (TUR). O meia Boschilia foi vendido ao Monaco (FRA), o atacante Cafu foi negociado com o Ludogorets (BUL) e o garoto Ewandro acabou emprestado ao Atlético-PR. Em contrapartida, chegaram o zagueiro Luiz Eduardo e o atacante Wilder Guisao - outro atacante, Rogério, do Vitória, deve chegar na próxima semana. 

O São Paulo pode perder seu oitavo jogador em menos de três meses, desde a chegada do técnico Juan Carlos Osorio ao Morumbi no início de junho. A Atalanta (ITA) voltou a fazer investidas pelo zagueiro Rafael Toloi e as negociações pelo jogador de 24 anos, relacionado normalmente para o duelo desta quinta-feira contra o Ceará, estão em estágio avançado. 

A busca dos italianos pelo camisa 2 não é nova. As conversas acontecem desde o fim de julho, quando um scout da equipe europeia assistiu a uma partida do Tricolor com o presidente Carlos Miguel Aidar no Morumbi. Os valores eram mantidos em sigilo, mas devem chegar à casa dos três milhões de euros (cerca de 11,4 milhões). Cabe aos paulistas 25% deste valor: R$ 2,85 milhões.

Nesta janela de transferências internacionais, Toloi já havia sido procurado pelos gregos do Olympiacos. Uma proposta de cerca de R$ 14 milhões chegou a ser entregue ao beque, que optou por seguir no São Paulo, onde tem prestígio com o técnico Osorio. Após as vaias e xingamentos recebidos no sábado após a goleada por 3 a 0 para o Goiás, os objetivos do zagueiro podem mudar.


Toloi disputou 32 partidas nesta temporada (Foto: Reginaldo Castro)

Na temporada passada, a Roma o contratou por empréstimo de seis meses e cogitou comprá-lo em junho, mas não entrou em acordo com os tricolores. Toloi, então, se reapresentou no Morumbi em julho e teve bom desempenho na campanha do vice-campeonato do Brasileirão de 2014. Ao todo, o defensor tem 133 jogos, seis gols e um título pelo Tricolor: a Copa Sul-Americana de 2012.

Se aceitar a proposta do Atalanta, que tem até 31 de agosto para fechar o negócio, Toloi será o terceiro zagueiro perdido pelo clube nos últimos meses. Primeiro, Paulo Miranda foi vendido ao Red Bull Salzburg (AUT). Depois, Dória não teve o empréstimo renovado pelo Olympique de Marselha e retornou à França.

Além da dupla, os são-paulinos ainda perderam os volantes Denilson, para o Al Whada (EAU), e Souza, para o Fenerbahçe (TUR). O meia Boschilia foi vendido ao Monaco (FRA), o atacante Cafu foi negociado com o Ludogorets (BUL) e o garoto Ewandro acabou emprestado ao Atlético-PR. Em contrapartida, chegaram o zagueiro Luiz Eduardo e o atacante Wilder Guisao - outro atacante, Rogério, do Vitória, deve chegar na próxima semana.