Joanderson

Joanderson é o camisa 9 do Tricolor na disputa da Copa São Paulo de Juniores (Foto: Rubens Chiri/Divulgação)

Bruno Grossi
13/01/2016
07:10
São Paulo (SP)

O São Paulo ainda não confirma, mas o atacante João Paulo, de 19 anos, deve passar pela segunda cirurgia na perna direita para reparar fratura por estresse. O atleta formado em Cotia já havia sofrido do mesmo problema no primeiro semestre do ano passado e agora pode ficar até dois meses em recuperação.

Com uma opção a menos no ataque, que perdeu Alexandre Pato e Luis Fabiano em dezembro, a comissão técnica do Tricolor estuda preencher o espaço deixado por João com outra revelação das categorias de base. O centroavante Joanderson, camisa 9 da equipe que disputa a Copa São Paulo de Juniores, tem sido observado de perto por Edgardo Bauza, que chegou a assistir in loco a um dos jogos do time de André Jardine na competição.

Joanderson foi artilheiro do São Paulo nos títulos da Copa do Brasil Sub-20 e da Copa Ipiranga no ano passado e já marcou três gols nesta edição da Copinha. Entre junho de 2015 e os quatro primeiros compromissos deste ano, ele soma 26 partidas, 19 gols e cinco assistências. Nesta quinta-feira, às 19h, ele deve ser titular no embate da terceira fase contra o Figueirense, na Arena Barueri.

Copinha São Paulo x Paulista
Artilheiro em ação na Copinha (Foto:Marcos Bezerra/Futura Press)

Assim como João Paulo, Joanderson também tem 19 anos, mas completará 20 anos no dia 16 de fevereiro. O primeiro alcançará a mesma idade somente em novembro e tem contrato até 19 de fevereiro de 2019. O do segundo acaba em 31 de maio de 2018. Curiosamente, o processo de renovação dos vínculos dos dois atacantes foi cercado de polêmicas no início do ano passado.

Atualmente, a única opção no elenco de Edgardo Bauza para o posto de centroavante é Alan Kardec. O clube paulista também está perto de contratar Kieza, que estava no Bahia em 2015 e pertence ao Shangai Shenxin, da China. Na temporada passada, o técnico colombiano chegou a improvisar o argentino Ricardo Centurión como referência e o camisa 20 marcou dois gols assim.