Marcio Porto
16/08/2017
18:03
São Paulo (SP)

Desde a semana passada, os representantes de Cícero têm recebido ofertas de clubes de fora pelo jogador. No entanto, o meia recusou duas delas, mesmo tendo sido afastado pelo São Paulo. Desde quarta-feira passada, ele treina separadamente do elenco. Há três semanas, foi informado de que estava livre para buscar outro clube. 

Cícero não considerou vantajoso se transferir para centros e clubes considerados menores do futebol, como Emirados Árabes Unidos e norte europeu. Aos 32 anos, o meia ainda se sente pronto para jogar em alto nível em ligas mais competitivas. Como já disputou dez jogos pelo São Paulo no Campeonato Brasileiro, ele não pode se transferir para outro clube da Série A, 

O jogador aguarda novas procuras para decidir seu futuro. Enquanto isso, treina em horários alternativos do time profissional, com outros jogadores que não fazem parte dos planos do técnico Dorival Júnior. Os zagueiro Lucão, Lucas Kal  Hugo Gomes, o lateral-direito Lucas Farias, o volante Banguelê e o atacante Gabriel Rodrigues são os outros. 

Cícero foi afastado na semana passada por uma decisão da diretoria com aval do técnico Dorival Júnior. Os dirigentes alegaram aos representantes do jogador que ele havia sido indicado por Rogério Ceni e, com a saída do técnico, não estava mais nos planos do clube. O jogador não gostou da justificativa e acredita que foi usado como bode expiatório na crise do clube. O Tricolor briga contra o rebaixamento. Cícero tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2018.