João Schmidt

João Schmidt fez seu primeiro jogo como titular contra o Novorizontino (Foto: Ale Cabral/Lancepress)

Ana Canhedo
12/03/2016
21:38
São Paulo (SP)

Com a decisão de Edgardo Bauza em poupar seus principais jogadores no São Paulo do confronto deste domingo, às 11h, no Pacaembu, contra o Palmeiras, os reservas da equipe ficaram esperançosos. É o caso do volante João Schmidt, que conta com exclusividade ao LANCE! o que pretende fazer para se firmar e convencer Patón. Ele será um dos suplentes a ter chance no Choque-Rei.

- Estou trabalhando forte para ter mais oportunidades e mostrar meu valor. Trabalho a cada dia para que surjam chances como essa e que eu consiga ter uma sequência de jogos, isso é muito importante - afirma, para logo completar:

- Quando eu tive a oportunidade de jogar, fui bem. Então é mais uma chance de mostrar meu trabalho e meu futebol, quem sabe eu não consiga convencer, mostrar que eu posso fazer parte do grupo, que podem contar comigo, quem sabe eu não possa virar titular e ter mais oportunidades.

O garoto de 22 anos quase foi emprestado no início da temporada. O Avaí esteve muito próximo de contratá-lo por empréstimo e só não o fez porque o São Paulo agiu e brecou a negociação. Bauza tinha interesse em manter João no elenco. Neste domingo, terá mais uma chance entre os titulares. A primeira foi contra o Novorizontino.

- A possibilidade de ser emprestado não desanimou, não. Quando surgiu a oportunidade, vi que seria bom para eu conseguir jogar. Achei que seria uma boa sair, mas aconteceu que o São Paulo resolveu não liberar, ai acabei ficando. Estou feliz aqui - completa.

Ser emprestado não seria novidade para João Schmidt. O volante passou a última temporada no Vitória de Setúbal, de Portugal e retornou no começo do ano ao Tricolor Paulista. Atualmente, o elenco do São Paulo conta com Hudson, Thiago Mendes e Wesley para a função de marcação no meio-campo, além do garoto.