São Paulo - Acapulco

Alan Kardec, o coordenador técnico René Weber e Denis descem do avião fretado (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

LANCE!
02/05/2016
14:54
São Paulo (SP)

O São Paulo já está em solo mexicano. Foram cerca de 10h30 de viagem entre o Aeroporto de Guarulhos, no fim da noite de domingo, até a chegada a Acapulco, cidade do litoral oeste do México. Por lá, a delegação tricolor ficará até o fim da tarde de terça-feira, quando partirá para Toluca, palco do jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Como venceu o confronto de ida no Morumbi por 4 a 0, o time paulista pode perder por três gols de diferença que avança às quartas de final. Se marcar gols no estádio Nemésio Díez, a equipe de Edgardo Bauza poderá perder até por quatro gols. Um 4 a 0 para o Toluca leva a disputa para as penalidades, enquanto triunfos por cinco gols classifica os mexicanos.

- A vantagem é boa, mas não podemos nos empolgar. Ao contrário. Seguimos com os pés no chão e cientes de que ainda tem muito pela frente - declarou o volante Hudson, complementado por Michel Bastos:

- O futebol já proporcionou muitas coisas, então é preciso ter cautela - disse.

A delegação, que é composta também por dirigentes e torcedores graças à parceria com a Copa Airlines, chegou ao resort em Acapulco por volta das 12h (de Brasília), quando o café da manhã foi servido. Mais tarde, às 16h30, os atletas comerão o lanche da tarde antes do primeiro treino no México, que será realizado no próprio hotel.