icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
15:37

O São Paulo ganhou mais uma boa notícia para encerrar esta semana. Depois de avançar às quartas de final da Copa do Brasil ao bater o Ceará em Fortaleza, nesta quinta-feira foi a vez do Tricolor comemorar o retorno do argentino Ricardo Centurión, que nem sequer viajou ao Nordeste para tratar mialgia na coxa direita no CT da Barra Funda.

No último domingo, durante a derrota por 2 a 1 para o Flamengo no Maracanã, Centurión alegou cansaço muscular e deixou a partida no início do segundo tempo para dar lugar ao colombiano Wilder Guisao. Depois, o camisa 20 ficou dois dias em tratamento no Reffis e teve diagnosticada a mialgia, um caso mais avançado de dor muscular.

O argentino seguiu a recuperação na quarta-feira e viu da capital paulista o Tricolor reagir na Copa do Brasil. Já na manhã desta quinta-feira, ao lado de outros atletas que não viajaram para Fortaleza, Centurión foi liberado pelos médicos para participar de treino funcional na academia do Reffis e deve ficar à disposição de Juan Carlos Osorio para encarar a Ponte Preta, às 21h de sábado no Morumbi.

Na partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, porém, Osorio seguirá sem contar com Alan Kardec (cirurgia no joelho direito), Breno (lesão muscular na coxa esquerda) e Luis Fabiano (torção no joelho direito). O atacante Rogério, que chegou ao clube na última segunda-feira, ainda não teve a documentação regularizada e só deve ser apresentado na próxima semana.

Os atletas utilizados nos 3 a 0 sobre o Ceará ganharam folga nesta quinta e não treinaram com o preparador físico colombiano Jorge Ríos. O grupo volta a trabalhar completo nesta sexta-feira às 9h30 - com portões abertos somente depois de uma hora de atividades.

O São Paulo ganhou mais uma boa notícia para encerrar esta semana. Depois de avançar às quartas de final da Copa do Brasil ao bater o Ceará em Fortaleza, nesta quinta-feira foi a vez do Tricolor comemorar o retorno do argentino Ricardo Centurión, que nem sequer viajou ao Nordeste para tratar mialgia na coxa direita no CT da Barra Funda.

No último domingo, durante a derrota por 2 a 1 para o Flamengo no Maracanã, Centurión alegou cansaço muscular e deixou a partida no início do segundo tempo para dar lugar ao colombiano Wilder Guisao. Depois, o camisa 20 ficou dois dias em tratamento no Reffis e teve diagnosticada a mialgia, um caso mais avançado de dor muscular.

O argentino seguiu a recuperação na quarta-feira e viu da capital paulista o Tricolor reagir na Copa do Brasil. Já na manhã desta quinta-feira, ao lado de outros atletas que não viajaram para Fortaleza, Centurión foi liberado pelos médicos para participar de treino funcional na academia do Reffis e deve ficar à disposição de Juan Carlos Osorio para encarar a Ponte Preta, às 21h de sábado no Morumbi.

Na partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, porém, Osorio seguirá sem contar com Alan Kardec (cirurgia no joelho direito), Breno (lesão muscular na coxa esquerda) e Luis Fabiano (torção no joelho direito). O atacante Rogério, que chegou ao clube na última segunda-feira, ainda não teve a documentação regularizada e só deve ser apresentado na próxima semana.

Os atletas utilizados nos 3 a 0 sobre o Ceará ganharam folga nesta quinta e não treinaram com o preparador físico colombiano Jorge Ríos. O grupo volta a trabalhar completo nesta sexta-feira às 9h30 - com portões abertos somente depois de uma hora de atividades.