icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
19:05

Rogério Ceni levantou a bandeira a favor do técnico Juan Carlos Osorio no São Paulo. Nesta terça-feira, na chegada da delegação tricolor a Fortaleza, local da partida desta quarta contra o Ceará, o goleiro e capitão são-paulino não só defendeu o colombiano das críticas, como acredita que ele ainda passará muito tempo no clube. Insatisfeito com a diretoria, Osorio cogitou abandonar o barco, independentemente do resultado do jogo no Castelão.

- Dentro do futebol é natural essa pressão acontecer, explorada por vocês da mídia, e o torcedor é emotivo, querem ver vencer. Mas ele (Osorio) é um baita treinador, de conceitos diferentes, treinos diferentes, muito bacana, grande profissional. Tenho certeza de que o São Paulo vai continuar com o Osorio e essa parceria pode render frutos no futuro - afirmou Ceni, que ponderou a insatisfação do treinador nos últimos dias, quando cogitou deixar o clube;

- Mas passamos por momento que a gente não esperava, nem ele (Osorio), nem o clube talvez esperasse vender tantos atletas. Há um desfalque muito grande, tem de avaliar direito essa situação - declarou o Mito.

O goleiro fez um raio-x das carências do elenco após a saída de oito atletas desde que Osorio foi contratado.

- Tudo tem de ser analisado. Temos hoje praticamente um meia de criação (Ganso) e um atacante alto de área (Luis Fabiano), não tem substituto, porque Kardec está machucado; Temos jogadores com outras características, tem o Ganso, armador, e praitcamente não tem outro que faça a função dele. O Osorio sempre tenta adaptar jogadores a isso. Então há uma certa necessidade, e sabemos que não vamos conseguir repor agora. Então temos de trabalhar redobrado, principalmente os que são únicos nas suas posições, para ficar o máximo de campo em campo - analisou.

Ceni na chegada ao hotel em Fortaleza (Crédito: Marcio Porto)

Ceni foi o mais festejado jogador do São Paulo desde a chegada ao Ceará, tanto no aeroporto quanto no hotel onde o time ficará hospedado. Foi perguntado sobre a importância de sua liderança neste momento, mas voltou a destacar Osorio e espera que o técnico cumpra seu contrato, de dois anos.

- Acho que o grande líder de um grupo é sempre o seu treinador. A partir do momento que ele mostra essa liderança, acho que ele é o cara certo. O momento infelizmente não é bom, hoje ele não tem as peças que tinha quando chegou, mas ele é excelente, trabalhador, tenho convicção de que vai dar certo. Tem contrato até o fim do ano que vem, deveria cumprir esse contrato - afirmou o capitão.

- O São Paulo hoje tem muitas carencias. Dificuldades financeiras, entendo tudo isso, e a equipe perdeu muitos jogadores. É difícil num campeonato como esse tão equilibrado, remontar uma equipe - ponderou.

Ceni ainda não tem presença assegurada no duelo desta quarta, confronto de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Castelão. O goleiro vem se recuperando de uma contratura muscular na coxa direita e fará tratamento até esta quarta para saber se terá condições. A partida começa às 19h30.

Rogério Ceni levantou a bandeira a favor do técnico Juan Carlos Osorio no São Paulo. Nesta terça-feira, na chegada da delegação tricolor a Fortaleza, local da partida desta quarta contra o Ceará, o goleiro e capitão são-paulino não só defendeu o colombiano das críticas, como acredita que ele ainda passará muito tempo no clube. Insatisfeito com a diretoria, Osorio cogitou abandonar o barco, independentemente do resultado do jogo no Castelão.

- Dentro do futebol é natural essa pressão acontecer, explorada por vocês da mídia, e o torcedor é emotivo, querem ver vencer. Mas ele (Osorio) é um baita treinador, de conceitos diferentes, treinos diferentes, muito bacana, grande profissional. Tenho certeza de que o São Paulo vai continuar com o Osorio e essa parceria pode render frutos no futuro - afirmou Ceni, que ponderou a insatisfação do treinador nos últimos dias, quando cogitou deixar o clube;

- Mas passamos por momento que a gente não esperava, nem ele (Osorio), nem o clube talvez esperasse vender tantos atletas. Há um desfalque muito grande, tem de avaliar direito essa situação - declarou o Mito.

O goleiro fez um raio-x das carências do elenco após a saída de oito atletas desde que Osorio foi contratado.

- Tudo tem de ser analisado. Temos hoje praticamente um meia de criação (Ganso) e um atacante alto de área (Luis Fabiano), não tem substituto, porque Kardec está machucado; Temos jogadores com outras características, tem o Ganso, armador, e praitcamente não tem outro que faça a função dele. O Osorio sempre tenta adaptar jogadores a isso. Então há uma certa necessidade, e sabemos que não vamos conseguir repor agora. Então temos de trabalhar redobrado, principalmente os que são únicos nas suas posições, para ficar o máximo de campo em campo - analisou.

Ceni na chegada ao hotel em Fortaleza (Crédito: Marcio Porto)

Ceni foi o mais festejado jogador do São Paulo desde a chegada ao Ceará, tanto no aeroporto quanto no hotel onde o time ficará hospedado. Foi perguntado sobre a importância de sua liderança neste momento, mas voltou a destacar Osorio e espera que o técnico cumpra seu contrato, de dois anos.

- Acho que o grande líder de um grupo é sempre o seu treinador. A partir do momento que ele mostra essa liderança, acho que ele é o cara certo. O momento infelizmente não é bom, hoje ele não tem as peças que tinha quando chegou, mas ele é excelente, trabalhador, tenho convicção de que vai dar certo. Tem contrato até o fim do ano que vem, deveria cumprir esse contrato - afirmou o capitão.

- O São Paulo hoje tem muitas carencias. Dificuldades financeiras, entendo tudo isso, e a equipe perdeu muitos jogadores. É difícil num campeonato como esse tão equilibrado, remontar uma equipe - ponderou.

Ceni ainda não tem presença assegurada no duelo desta quarta, confronto de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Castelão. O goleiro vem se recuperando de uma contratura muscular na coxa direita e fará tratamento até esta quarta para saber se terá condições. A partida começa às 19h30.