Lyanco - Sérvia

Lyanco estreou no time sub-19 da Sérvia em amistoso contra a Espanha em marõ (Foto: Divulgação/FSS)

Bruno Cassucci e Bruno Grossi
25/07/2016
17:32
Teresópolis (RJ) e São Paulo (SP)

Uma das maiores promessas do elenco do São Paulo, o zagueiro Lyanco terá de tomar uma decisão importante nos próximos dias. Atualmente, o beque de 19 anos é considerado sérvio pela Fifa, por ter defendido os times de base do país em amistosos e competições oficiais. Um convite oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), porém, pode mudar o destino do garoto.

A entidade, que já havia levado o defensor para período de treinos e observação no primeiro semestre, agora oficializou a intenção de ter a joia na Seleção Brasileira. A ideia é que o são-paulino faça parte do grupo que disputará o Sul-Americano -Sub-20 no início de 2017. A família e o empresário de Lyanco agora analisam o cenário antes de bater o martelo.

Dois fatores atraem o zagueiro para seguir na Sérvia. Primeiro uma relação afetiva de realizar o desejo do avô, que nasceu na extinta Iugoslávia (país do qual a Sérvia fazia parte). Depois, uma pré-convocação para defender a seleção principal em um amistoso em setembro. Se aceitar disputar o jogo, a promessa não poderá mais alterar a nacionalidade. Se optar pelo Brasil, terá de enviar carta à Fifa para comunicar a mudança.

Para a Seleção Brasileira, pesa o sonho de infância de Lyanco em defender o time canarinho. O beque que se animou com o interesse e a insistência da CBF em contar com seu futebol e está bastante dividido sobre qual rumo seguir. O São Paulo considera positiva a disputa pelo jovem, que fica mais valorizado e deve ser usado com mais frequência se Rodrigo Caio for negociado.

O titular tem proposta da Lazio (ITA) para deixar o Tricolor, enquanto Lugano sofre para emplacar sequências em alto nível e Lucão, antiga opção imediata, perdeu espaço diante da chance de sair para o Porto (POR) nas negociações pela compra de Maicon. Assim, Lyanco teve oportunidade contra o América-MG há oito dias e marcou golaço ao driblar quatro adversários.