Libertadores - São Paulo x River Plate (foto:Mauro Horita/LANCE!Press)

'Se ganharmos a Libertadores, aí veremos', afirmou o herói da vitória sobre o River (foto: Mauro Horita/LANCE!Press)

LANCE!
14/04/2016
08:00
São Paulo (SP)

Calleri tem brindado a torcida são-paulina com muitas alegrias. Desde que chegou, no início do ano, já fez dez gols e três assistências - o time de Bauza, ao todo, marcou 30 vezes. O jogador só tem contrato até 30 de junho ou o fim da Libertadores, mas as boas atuações e a garra dentro de campo despertam a vontade do clube e da torcida de ver o argentino vestindo a camisa tricolor por mais tempo.

Após mais uma atuação brilhante de Calleri, em que ele marcou duas vezes e protagonizou o triunfo sobre o River Plate (2 a 1), o treinador admitiu conversas com os dirigentes sobre a permanência do argentino.

- Estamos falando com a diretoria, não somente sobre a saída de Calleri, mas também sobre a chegada de quatro ou cinco jogadores para fortalecer esse plantel - disse o comandante.


Calleri está emprestado ao São Paulo através de acordo com o uruguaio Deportivo Maldonado, ligado ao empresário Juan Figer. Os uruguaios afirmam que há um acordo muito bem encaminhado com a Inter de Milão, mas o camisa 12 explicou que nada está certo e  que ele considera permanecer no São Paulo, caso vença a Libertadores. 

- - Estou contente pela equipe. Estamos vivos. Tenho contrato até 30 de julho. Se ganharmos a Libertadores, aí veremos (uma prorrogação do empréstimo) - disse o jogador, que ganhou muitos elogios de Bauza.

 - É um jogador que se entrega muito, incomoda muito. Conheço ele bem, tem muita garra, é muito forte, e tem a cabeça muito boa. Tem uma mentalidade vencedora. A ideia é aproveitar cada dia que ele estiver em São Paulo - acrescentou o comandante tricolor.

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva também disse que tentará de tudo para permanecer com Calleri mais tempo. 

O São Paulo encara o The Strongest na próxima quinta, em La Paz, na última rodada da fase de grupos. O clube precisa de um empate para se classificar às oitavas e começar a sonhar com a permanência do craque argentino.