LANCE!
21/07/2016
13:03
São Paulo (SP)

O São Paulo parece estar definido para encarar o Grêmio no domingo, às 16h em Porto Alegre, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque, pelo segundo dia seguido, Edgardo Bauza repetiu a escalação da equipe no CT da Barra Funda e vê seu novo centroavante titular cada vez mais à vontade em campo. Mas o reserva não deixou barato.

Gilberto, apresentado na última sexta-feira e que já estreou no clássico contra o Corinthians, foi mantido como referência do ataque. Em treino coletivo nesta quinta-feira, o atacante se movimentou muito para abrir espaços para Cueva e Centurión e chamou a atenção de todos por dar chapéu de chaleira em cima de Lyanco e finalizar com perigo na sequência.

O desempenho do camisa 17 só não foi mais valorizado porque no time reserva havia um concorrente surpresa. Pedro, de apenas 20 anos, mais uma vez foi chamado por Bauza para completar um treino, mas desta vez teve tempo para mostrar serviço. E em cerca de 40 minutos de coletivo, marcou de cabeça e de canhota para dar a vitória aos reservas.

Os titulares tentaram reagir no fim, obviamente pelos pés de Gilberto, aproveitando passe de Centurión. O gol gerou polêmica entre os jogadores, porque o goleiro Léo alegava que a jogada estava parada quando foi desarmado pelo argentino. Para Gilberto, o tento entra na conta de quem espera ser titular pela primeira vez no domingo.

Wesley - São Paulo
Wesley ganhou vaga de Hudson (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Bauza paralisou o coletivo em alguns momentos para corrigir o posicionamento da equipe em cobranças de escanteio defensivas - como Pedro marcou o primeiro gol dele. Antes, Patón ainda deixou apenas os titulares em campo para treino fantasma e cobrou toques de primeira. Já com os reservas, obrigou o time principal a escapar em velocidade de marcação pressão.

A formação teve Denis, Bruno, Lugano, Maicon e Mena; Thiago Mendes, Wesley, Centurión, Cueva e Michel Bastos; Gilberto. João Schmidt e Kelvin, recuperados de problemas físicos, desta vez não foram testados. O meia Daniel, que se livrou de dores no ombro direito, treinou com o grupo, mas apenas no trabalho de finalizações que encerrou as atividades desta quinta-feira.

O São Paulo volta a treinar nesta sexta, às 9h, no CT da Barra Funda. A entrada da imprensa será permitida somente às 10h30. No sábado, os trabalhos também serão no período da manhã, com viagem para Porto Alegre marcada para depois do almoço. O volante Hudson, suspenso, não viaja.