Bauza

Técnico comandou treino tático por mais de 50 minutos no CT da Barra Funda (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

LANCE!
11/01/2016
11:43
São Paulo (SP)

Aos poucos a versão 2016 do São Paulo começa a ganhar forma. Nesta segunda-feira, o técnico Edgardo Bauza utilizou treino tático no CT da Barra Funda para esboçar uma escalação titular pela segunda vez em três dias, com duas novidades em relação ao fim do ano passado: Breno como zagueiro ao lado de Rodrigo Caio e Ricardo Centurión na ponta esqueda. O treinador argentino já havia ensaiado o time no sábado, mas em atividade fechada.

Depois de 30 minutos de trabalho no Reffis e mais 20 minutos de exercícios físicos já no gramado, Bauza convocou os 11 titulares para espécie de "treino fantasma". Foram 15 minutos de passes na defesa, bloqueada pelos jogadores de frente e que precisava se recompor em simulação de contra-ataques.  A escalação tinha Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Breno e Carlinhos; Hudson, Thiago Mendes, Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso e Centurión; Alan Kardec. 

O argentino paralisou a atividade a todo momento para coordenar os movimentos e o posicionamento do time. As conversas eram dirigidas na maioria das vezes aos zagueiros e aos volantes, além de corridas ao lado de Ganso para indicar a melhor forma de arrancar com a bola em retomada ou recompor a marcação no meio de campo.

Depois, sete rivais entraram e tornaram a atividade mais competitiva. Bauza insistiu em jogadas trabalhadas pelos lados, mas manteve os laterais mais presos na marcação. O técnico cobrava para que os pontas não recuassem a bola em hipótese alguma, exigindo jogadas individuais e em progressão. Dessa forma, Centurión fez belo lance pela esquerda e cruzou para Michel Bastos apareceu na área para marcar golaço de primeira.


Mais tarde, Bauza completou o time reserva, que teve Renan Ribeiro; Auro, Lyanco, Lucão e Mena; Wilder, Wesley, João Schmidt e Reinaldo; Daniel e Rogério. O treino ficou ainda mais pegado, com divididas ríspidas e forte marcação do time titular. Hudson se destacou com desarmes e antecipações, mas levou uma dura por ter ultrapassado a linha dos três meias. Bauza crê que isso fez com que o São Paulo ficasse tão exposto na última temporada.

Centurion - Sao Paulo
Centurión começa 2016 com moral (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)

O único gol marcado nessa etapa do treinamento foi de Thiago Mendes. O volante recuperou bola na entrada da área após cobrança de escanteio e bateu com categoria para tirar Renan Ribeiro. Depois, Bauza passou toda a linha defensiva titular para o time reserva, promovendo embate com o ataque principal. Michel e Centurión ainda inverteram as pontas e o coletivo ficou mais equilibrado, até Breno marcar de cabeça após cruzamento da direita.

Outros destaques da manhã desta segunda foram o atacante Rogério, grande arma do time reserva para arrancadas pelas laterais, e a presença de mais um velho conhecido do clube no CT. O zagueiro Luiz Eduardo, revelado em 2011 ao lado de Rodrigo Caio, voltou de empréstimo do Juventude e foi chamado para completar o time principal enquanto aguarda propostas, mesmo caso do lateral-direito Caramelo, que apareceu na última semana.

A reapresentação do elenco está marcada para as 9h, mesmo horário de todos os treinos da semana até sábado. No domingo, o grupo ganhará folga.