HOME - São Paulo x São Bernardo - Campeonato Paulista - Bauza (Foto:  Ale Vianna/Eleven/LANCE!Press)
LANCE!
05/03/2016
19:24
São Paulo (SP)

O técnico Edgardo Bauza deu razão aos torcedores do São Paulo que vaiaram o time após a derrota de 3 a 1 para o São Bernardo, neste sábado, no Pacaembu. O treinador também foi chamado de burro em alguns momentos, mas disse que a atuação ruim de seu time justifica a ira de quem acompanhou a partida. Ele também ressaltou que quem não tiver motivado perderá lugar no time.

- Quem coloca essa camisa tem que jogar o que tem que jogar. Quem não estiver motivado, sairá. A torcida, com toda a razão, terminou vaiando. Jogamos uma partida ruim - afirmou Bauza, que assumiu a responsabilidade pelo tropeço., mas ainda pede paciência dos torcedores.

- A torcida tem como sempre confiar em sua equipe, em seus atletas, a mesma confiança que tenho eu. Eu assumo toda responsabilidade da partida, das mudanças. Agora temos que motivá-los para chegar bem - afirmou.

O treinador também disse que o cansaço atrapalhou o time contra o São Bernardo, que fez três gols no segundo tempo.

- No meu critério, houve dois fatores: fisicamente, equipe não esteve no nível que pensávamos que poderia chegar. E não haver definido o jogo antes nos complicou muito. E com as mudanças, equipe ficou desordenada, e terminou como terminou, jogando mal - declarou Patón., que não confirmou a presença de Lugano em Buenos Aires.

Bauza disse que pensará se terá de fazer mudanças no time que jogará pnos contra-ataques no Monumental de Nuñez, na próxima quinta-feira, contra o River Plate, atual campeão da Libertadores.

- A partida contra o River é de Libertadores, vamos com visitante, não vai ser fácil. Vamos tentar ganhar, mas se empatar não será mal, a idéia é tentar uma partida que sabemos que vamos encontrar uma equipe que vai nos atacar. Tentar ser uma equipe sólida e tentar contra-atacar para ganhar a partida. Agora temos de nos recuperar desse golpe, obviamente não era o que pensávamos, e começar a pensar na viagem - concluiu o argentino.