Sao Paulo x The Strongest
LANCE!
21/02/2016
20:14
São Paulo (SP)

Após a vitória por 1 a 0 sobre o Rio Claro, neste domingo, no Pacaembu, o técnico Edgardo Bauza explicou os motivos de ter barrado o meia Michel Bastos do time titular do São Paulo. Segundo o argentino, a decisão foi puramente técnica e o camisa 7 voltará ao time na próxima quarta-feira, contra o Novorizontino, também no Paca.

- A decisão de não escalar Michel Bastos, como qualquer outro do resto do plantel que não jogou, foi exclusivamente técnica. Os que começam a partida são os 11 que eu melhor vejo. Para esse jogo, me pareceu que os 11 melhores eram os que começaram. Não há nenhuma outra razão - afirmou Bauza, que disse ter conversado com Michel sobre as polêmicas que envolveram o jogador durante a semana.

- Falamos mais sobre alguns gritos da torcida que aconteceram na partida anterior (torcida o xingou após o gol do The Strongest) que nem eu e nem ele entendemos o motivo. Decidi não colocá-lo porque não o via bem. Preferi dar dois dias de descanso. Temos um jogo na quarta e ele certamente voltará a ser titular - disse o argentino.

Se Michel voltará, Lugano deve ser desfalque. Após reestreiar pelo São Paulo, o jogador disse que Bauza deve preservá-lo do duelo de quarta. O técnico confirmou a ideia depois, ao explicar o porquê de o capitão ter sido o goleiro Denis e não o uruguaio.


- O capitão tem de ser titular todas as partidas. Não pode ser capitão alguém que joga jogo sim, jogo não. É provável que Lugano não possa jogar na quarta. Então, não gosto de ir mudando o capitão de um jogo para o outro. Denis tem experiência e é titular - afirmou Bauza.

Lugano, por sua vez, disse que não há problema ter ficado sem a faixa.

- O Denis é experiente, está há muito tempo no clube. E pra mim não faz diferença para exercer liderança estar com a faixa ou não - afirmou.

Confira outros trechos da coletiva de Bauza:

CRISE E ATRASO DE PAGAMENTO
"A diretoria já falou que vai tratar de acertar, e os atletas se reuniram e disseram que vão esquecer isso e jogar a partida. É um problema que já passou."

GRUPO RACHADO
"Passei por esse tipo de situação muita vezes na minha vida. Essa foi uma discussão muito pequena. Acho que a coisa tomou uma dimensão muito grande. Os atletas falaram sobre isso. Tratei de tranquilizá-los nesta tarde e canalizar toda a energia para a partida."

JOGO
"Assumimos o protagonismo, tivemos a bola por muito tempo, poderíamos ter definido a partida antes, mas não pudemos conseguir concretizar em gol. Vi a equipe superior ao rival, que tentou, pois é uma equipe com boa circulação de bola, mas os controlamos bem."

VOLTA DE LUGANO
"Estamos todos contentes com a volta de Lugano. Desde que chegou, estava sendo preparado para essa partida. Por sorte, terminou sem problemas. Vamos esperar as próximas 48 horas para ver se joga quarta ou se vai descansar para sábado. Importante é que terminou sem dor e não teve problemas físicos."