Lugano - Treino do São Paulo em Medellin

Lugano falhou contra o Atlético Nacional (COL) e agora será banco (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Bruno Grossi
17/07/2016
08:35
São Paulo (SP)

Com o retorno de Maicon ao time titular, Diego Lugano voltará a ser reserva do São Paulo no jogo deste domingo, às 16h, em Itaquera. Mas se depender do pé quente do uruguaio em duelos contra o Corinthians, só a presença do ídolo no banco de reservas nesta 15ª rodada do Campeonato Brasileiro já será de grande ajuda para os tricolores.

Na primeira passagem pelo clube, entre 2003 e 2006, Lugano enfrentou os alvinegros quatro vezes, com três vitórias, um empate e apenas um gol sofrido do arquirrival. Contra o Palmeiras, a soberania é maior: são nove confrontos, com sete vitórias e apenas dois empates.

O último encontro do zagueiro com os corintianos foi no primeiro turno do Brasileirão de 2006, quando o Tricolor atuou como visitante em São José do Rio Preto e venceu por 3 a 1, com gols dos meias Souza e Lenilson e do atacante Alex Dias - Nilmar descontou  para os corintianos.

Mas desde sábado Lugano tem outra marca a defender. Com a venda de Paulo Henrique Ganso ao Sevilla (ESP), o uruguaio passa a ser o jogador do atual elenco com mais partidas com a camisa do São Paulo: 196, contra 183 de Rodrigo Caio, que será titular ao lado de Maicon e depois se apresentará à Seleção Brasileira para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

TABU DURADOURO
O São Paulo não vence o Corinthians como visitante há três partidas, desde março de 2014, quando triunfou por 3 a 2 no Pacaembu pelo Campeonato Paulista. Os alvinegros ficaram em vantagem duas vezes com gols contra do zagueiro Antonio Carlos, mas Ganso, Luis Fabiano e Rodrigo Caio viraram para o Tricolor. Do trio, apenas o zagueiro segue no elenco.