The Strongest x São Paulo

Kelvin mostrou raça e qualidade no empate do São Paulo (Foto: AIZAR RALDES/AFP)

Bruno Grossi e Olga Bagatini
22/04/2016
00:21
São Paulo (SP)

O sofrimento só terminou para o são-paulino com mais de 50 minutos do segundo tempo e com Maicon no gol. Denis foi expulso quando Bauza já tinha feito as três substituições, e sobrou para o zagueiro a tarefa de defender a meta e segurar o empate em 1 a 1 com o The Strongest, que garantiu o São Paulo nas oitavas da Copa Libertadores. Confira as notas do LANCE!:

SÃO PAULO

2,0
Denis

Bem protegido, foi mal na única vez em que foi exigido no primeiro tempo. Foi expulso de forma infantil no fim.

4,5
Bruno

Errou demais na saída de bola e parecia nervoso. Na marcação, preencheu os espaços sem muitos sustos.

7,5
Maicon

Bastante seguro por cima, cortou a maioria dos lançamentos para a área. Foi firme o jogo todo até como goleiro no fim.

6,5
Rodrigo Caio

Assim como Maicon, foi bem para se antecipar às bolas esticadas na área. Postura aguerrida e sem sustos.

6,0
Mena

Voluntarioso como sempre, desguarnecido por Michel como sempre e mais afobado do que o costume. Fez a falta do gol.

7,0
Hudson

Mais uma grande partida do volante na Libertadores. Ganhou todas as divididas e mostrou inteligência com a bola.

6,5
Thiago Mendes

Voltou a apresentar a seriedade que o fez crescer em 2015. Bem nos desarmes e para puxar os raros contra-ataques.

7,0
Wesley

Teve começo muito bom, com cadência e tranquilidade para reter a bola. No segundo tempo, foi o termômetro do time.

6,5
Kelvin

Apesar de parecer sentir os efeitos da altitude em alguns momentos, foi para cima. Deu assistência e quase fez golaço.

5,5
Michel Bastos

Praticamente não apareceu com a bola no pé e oscilou demais na marcação. Deixou Mena em apuros.

7,0
Calleri

É o cara na Libertadores e no ano. Gol de centroavante clássico, mas expulsão no fim pode prejudicar o time.

5,5
Caramelo

Entrou para dar o fôlego que Bruno não teve desde o começo da partida. Fez o simples e quase comprometeu.

6,0
PH Ganso

Com gás, deu a lucidez que o time precisava, mas foi displicente ao tentar gol por cobertura com Kardec livre.

5,5
Alan Kardec

Finalmente mostrou entrega para ajudar na marcação, correu bastante e ajudou a segurar a bola no ataque.

7,0
Téc: Edgardo Bauza

Ousou ao tirar Ganso da equipe, mas armou estratégia eficiente que só se abalou com os erros de Denis.

The Strongest x São Paulo
Ganso entrou no segundo tempo (Foto: AIZAR RALDES/AFP)

THE STRONGEST (BOL)

5,0
Vaca

Pouco exigido, falhou na primeira oportunidade e cedeu empate.

5,5
Bejarano

Teve pouco trabalho na defesa e não aproveitou os espaços.

5,5
Marteli

Atabalhoado na marcação, teve mais sorte que juízo.

5,0
Maldonado

Assim como o companheiro de zaga, deixou espaços.

6,5
Cristaldo

Balançou a rede, mas deixou a desejar na defesa.

6,0
Chumacero

Versátil, flutuou no meio de campo e abriu espaços na defesa.

5,5
Veizaga

Teve boa saída de bola, mas não conseguiu dar objetividade aos lances.

4,5
Castro

Foi infernizado pelos dribles em velocidade de Kelvin.

5,0
Escobar

Participou do gol, mas foi afobado e errou muitos cruzamentos.

5,5
Wayar

Tentou dosar o jogo, mas não foi acompanhado pelo time.

4,0
Alonso

Isolado, brigou com a defesa tricolor. Perdeu chance clara..

4,5
Ramallo

Pouco apareceu.

4,5
Neumann

Entrou para reforçar o ataque, mas não foi efetivo.

4,0
Torres

Falhou nas bolas aéreas. No fim, recebeu livre na área, mas perdeu.

6,0
Téc: Cesar Farias

Recém-chegado, fez o que pode, mas foi barrado pelas limitações técnicas de seus jogadores.