Kelvin
Marcio Porto
24/05/2016
14:03
São Paulo (SP)

O São Paulo não terá vida fácil para negociar com o Porto (POR) a permanência do zagueiro Maicon. A situação foi reforçada pelo atacante Kelvin, que também está emprestado pelo clube português. Nesta terça-feira, em entrevista coletiva, o camisa 30 relatou dificuldades que seu clube costuma impor para liberar jogadores, o que deixa a situação tricolor complicada.

- Sim, eles (Porto) dificultam, porque querem sempre os melhores jogadores e o Maicon é um grande jogador, encaixou aqui. Vai ser difícil mesmo essa negociação. Eu passei por essa dificuldade de negociação, de sair por empréstimo, e olha que eu não estava jogando. O Maicon teve uma sequência lá no Porto, vai ser difícil. Mas isso é entre os clubes, Maicon é jogador de Seleção, todo mundo está vendo. São Paulo quer ficar com ele, então precisamos ver - analisou Kelvin.

A situação dos dois atletas, embora sejam do mesmo clube, é diferente. Maicon está emprestado até 30 de junho e precisa renovar contrato para disputar as semifinais da Libertadores, marcadas para julho. Por isso, é prioridade total do São Paulo. Já Kelvin tem vínculo até o fim do ano. No entanto, o atleta também diz que seu desejo é permanecer mais tempo.

- Quero ficar, sim. Porque o São Paulo é um grande clube. Como o Porto também é, fiquei quatro anos lá. Não tive muitas oportunidades, mas aprendi bastante, sai muito novo daqui. Nos momentos em que contaram comigo, fui muito feliz. E eles sabem disso. Mas são negociações difíceis, mas meu contrato também vai até dezembro. Mas quero ficar, estou muito feliz, me identifiquei com esse clube, me sinto feliz aqui - afirmou.

O São Paulo não descarta incluir os dois jogadores na mesma negociação, mas tenta elaborar a melhor estratégia. A princípio, o clube não quer se desfazer de Lyanco e Inácio, dois jovens promissores que agradam ao clube português. O diretor executivo Gustavo Vieira de Oliveira quer que o assunto da renovação de Maicon seja tratado em sigilo. O jogador já disse que quer permanecer.