LANCE!
21/06/2016
13:47
São Paulo (SP)

Nada grave com Rodrigo Caio, que deixou o treino desta terça-feira com dores no joelho esquerdo após um choque acidental em disputa de bola com Calleri. O jogador fez exames de ressonância magnética, logo após o treino desta manhã, e não foi constatada nenhuma lesão. Agora, o técnico Edgardo Bauza aguarda a evolução clínica do atleta para saber se poderá escalá-lo diante do Sport na próxima quinta-feira, às 21h, no Morumbi.

Durante um trabalho técnico, em campo reduzido no CT, o camisa 3 foi atingido por trás pelo atacante Calleri e caiu no gramado com fortes dores no joelho esquerdo. Imediatamente, o defensor foi atendido pelo médico do clube, José Sanchez, e seguiu para o Reffis. Por precaução, os membros do departamento médico optaram pela realização do exame, que deixou a comissão técnica mais tranquila.


Rodrigo Caio seguirá sob os cuidados dos fisioterapeutas na tarde desta terça, e na manhã de quarta-feira será reavaliado para saber se tem condições de integrar o último dia de ajustes para o confronto com os pernambucanos, que será disputado pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Patón tem novamente à disposição o uruguaio Diego Lugano, que cumpriu suspensão automática diante do Flamengo.

Convocado para defender a Seleção Brasileira na Copa América Centenário, Rodrigo Caio é capitão da equipe olímpica e vive a expectativa de disputar os Jogos de 2016, que serão realizados no Rio de Janeiro. Ele voltou ao time no último domingo, mas teve atuação ruim contra o Flamengo, no empate por 2 a 2, em Brasília.