David Neres - São Paulo

Atacante David Neres, em treino do São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Marcio Porto
12/09/2016
06:45
São Paulo (SP)

Há muito tempo a torcida do São Paulo não tinha tanta expectativa por um garoto da base como por David Neres, atacante de 19 anos. Neres começou a treinar com o profissional na semana passada e no domingo ficou pela primeira vez no banco de reservas, na vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense. Ele saiu contente por ter vivenciado a experiência no time de cima, mas nem sempre as coisas saíram como esperado. A trajetória do garoto foi turbulenta.

Depois da partida, David Neres contou que teve problemas na escola enquanto jogava no São Paulo e isso o atrapalhou. Ele chegou a Cotia, sede da base, em 2007, com dez anos.

- A trajetória foi meio turbulenta, de altos e baixos, mas graças a Deus deu tudo certo agora. Teve muitos problemas com a escola. Coisas internas. Mas no final consegui me dá bem - afirmou o introspectivo jogador, para depois responder se tinha problemas disciplinares na escola.

- Tinha, tinha. Não de falta, mas de nota. Problema com gente da escola. Mas consegui colocar no lugar e está tudo bem - declarou.

David Neres foi um dos expoentes do time Sub-20 que conquistou tudo no ano passado e neste sagrou-se campeão da Libertadores. Estava para ser promovido ao profissional, mas uma lesão no ombro esquerdo o afastou dos gramados. Voltou recentemente, e fez apenas dois jogos desde então. Mas o carinho da torcida é grande e ele reconhece.

- Vejo muito o carinho. Tenho que corresponder o carinho que eles têm por mim, correr, dar meu máximo, que o resto sai natural - disse.

O torcedor do São Paulo, no entanto, deve ter de esperar mais para ver o prodígio em campo. Isso porque o técnico Ricardo Gomes acredita que não é momento para lançar as promessas. Ricardo fez um elogio pomposo a Neres.

- Ele tem qualidade. Por isso, está no São Paulo. Ele tem um jogo diferente, um estilo diferente. Voltou de cirurgia, mas tem muita coisa para acontecer. Não só com ele, mas com todo o time sub-20 do São Paulo. Na primeira parte da tabela, a gente começa a pensar. Hoje não. Hoje não vou lançar jogador, apesar da boa formação. Mas ele é diferente - analisou o comandante.

Enquanto isso, David Neres e a torcida esperam. O que projetar do futuro? Com a palavra, o próprio atacante.

- Só Deus sabe. O dia de amanhã pertence a Deus.