LANCE!
22/06/2016
22:10
São Paulo (SP)

O atacante Getterson não jogará pelo São Paulo, mesmo após ter sido anunciado como reforço do clube nesta quarta-feira. O Tricolor voltou atrás e avisou que o atleta não vestirá mais a camisa do São Paulo por conta de uma polêmica que começou no Twitter. Torcedores encontraram postagens antigas em que Getterson, que era torcedor do Corinthians, se refere ao clube como "bambi". A diretoria tricolor divulgou nota oficial na noite desta quarta:

"O São Paulo Futebol Clube comunica que não avançará na contratação do atacante Getterson após tomar ciência de que o jogador fez postagens incompatíveis com a sua permanência no clube. Antes de assinar o vínculo, ao ser questionado sobre o uso que fazia de canais de mídia social, o atleta negou ter conta no Twitter, mas posteriormente admitiu ter um perfil que usou até 2013. Constatada a veracidade da autoria, a direção optou por não dar prosseguimento ao acordo", diz a nota.

O CASO

Apenas alguns minutos depois de ser anunciado pelo São Paulo como novo reforço, o atacante Getterson já sofreU com a perseguição de torcedores em redes sociais. Isso porque uma conta inativa do jogador de 25 anos no Twitter foi descoberta, com postagens que deixam clara a torcida de Getterson pelo Corinthians e até uma provocação aos tricolores.

O perfil não apresenta novas postagens desde 2013, enquanto aquelas que se referem ao Corinthians estão mais concentradas em 2012, quando o atacante estava no PSTC (PR) e na época do título alvinegro no Mundial de Clubes, contra o Chelsea (ING): "É campeão! Guerrero e Cássio os melhores do jogo. Parabéns ao Timão, estou muito feliz".

A postagem que parece ter causado mais incômodo, no entanto, aconteceu no mês anterior, em 28 de novembro de 2012: "Agora joguinho dos bambis kkkk boa sorte pra eles abraço galera", dizia a publicação. Na ocasião, o São Paulo encarou a Universidad Catolica (CHI) na semifinal da Copa Sul-Americana, segurou empate em 0 a 0 e avançou para a decisão - seria campeão depois.

Getterson SERIA contratado por empréstimo até o fim do ano após se destacar pelo J. Malucelli, no Campeonato Paranaense. Nesta temporada, o atacante marcou cinco gols e deu quatro assistências.