Treino São Paulo - Bruno (foto:Marcello Zambrana/AGIF/Lancepress!)

Lateral-direito Bruno em treino do São Paulo (Foto: Marcelo Zambrana)

LANCE!
22/09/2016
09:35
São Paulo (SP)

Depois de ver Wesley ter grande atuação e decidir o jogo contra o Cruzeiro há uma semana, no Morumbi, Ricardo Gomes confessou planos de recuperar outros jogadores do elenco do São Paulo. Michel Bastos, fora mais uma vez,  e Carlinhos preocupavam pelo abalo emocional após agressões de torcedores, mas o técnico ainda pensava em reerguer outra peça, de acordo com sua análise: o lateral-direito Bruno.

Ricardo acredita que é possível fazer subir o rendimento melhor do jogador, que teve apenas uma chance com o novo treinador. No jogo de ida contra o Juventude, rival desta quinta-feira, pela Copa do Brasil, o camisa 2 deveria dar mais ofensividade ao time, mas teve desempenho discreto. Agora, novamente contra os gaúchos, terá mais uma oportunidade de recomeçar a vida de titular.

– Se eu for escolhido, tenho que mostrar meu trabalho para me firmar. O Buffarini é um grande jogador e só o São Paulo ganha com isso. Em toda posição isso é saudável, até deixar o time mais forte. A diferença (para o argentino ) é ritmo de jogo. Ele teve sequência porque eu fiquei suspenso e machucado. Agora eu espero conseguir uma sequência para continuar na equipe – projetou.

Bruno tem a favor o fato de ser o maior assistente do atual elenco. São seis passes para gols, ao lado de Michel Bastos e Kelvin – PH Ganso saiu em julho, com sete. No primeiro semestre, o lateral foi um dos mais regulares do São Paulo, mas precisa lidar com a concorrência de Buffarini, contratado por quase R$ 6 milhões.

– Todos têm direito e as mesmas condições para brigar por uma vaga. O professor é quem vai determinar quem joga. São boas opções para fazemos uma boa partida, tanto eu quanto o Buffarini. Todos querem oportunidades – destacou.