LANCE!
25/07/2016
14:42
São Paulo (SP)

Houve quem saísse da Arena do Grêmio, no último domingo, com boas histórias para contar no São Paulo. O centroavante Pedro, de somente 20 anos, recebeu a chance de Edgardo Bauza para estrear como profissional e guardou o momento na memória. Foram 18 minutos em campo, somando os acréscimos, para a realização de um sonho.

- Quando ele me chamou, passou um filme na minha cabeça. Mas isso foi muito rápido, porque eu estava muito focado para entrar no jogo e tentar ajudar os meus companheiros. Foi a realização de um sonho, mas sei que tenho que seguir firme no meu trabalho para receber novas oportunidades - relembrou a joia, que substituiu Centurión, aos 32 minutos do segundo tempo.

Presente nas últimas grandes conquistas da base são-paulina, Pedro tem alternado treinos no CT da Barra Funda e em Cotia desde março deste ano. O garoto chegou a ser inscrito na fase eliminatória do Campeonato Paulista, mas não teve chance de atuar. No Campeonato Brasileiro, até integrou o banco de reservas em duas ocasiões antes da estreia em Porto Alegre.

Agora, com as saídas de Jonathan Calleri e Alan Kardec, o setor ofensivo do Tricolor está em reformulação. Chegaram Gilberto, que já fez duas partidas, e Andrés Chávez, argentino ex-Boca Juniors (ARG) que deve estrear no próximo domingo contra a Chapecoense, no Morumbi. Mas Pedro também quer integrar a lista de opções para Patón, que cobra reforços no setor.

- O pessoal tem conversado bastante comigo, perguntaram como eu me senti na estreia e isso me deixou mais à vontade para jogar o meu futebol. Esse incentivo do elenco me deu mais motivação. Vou manter a dedicação no dia a dia para crescer, evoluir e receber novas chances com o treinador