Goleiro Léo

Reserva do São Paulo desde 2008, Léo fez sua estreia pelo São Paulo neste domingo (foto: Érico Leonan/Divulgação)

LANCE!
12/12/2016
07:30
São Paulo (SP)

O goleiro Léo chegou às categorias de base do São Paulo em 2004. Subiu ao time profissional em 2008, foi emprestado ao Toledo e ao Linense para ganhar experiência, mas pertence ao Tricolor desde então. À sombra de Rogério Ceni e de Denis, nunca saiu do banco de reservas em partidas oficiais. Nunca até a noite deste domingo. 

Durante a goleada sobre o Santa Cruz, no Pacaembu, o interino Pintado surpreendeu ao chamar o atleta de 26 anos para o aquecimento. Em vias de encerrar seu contrato com o clube, Léo foi homenageado. Entrou aos 31 minutos do segundo tempo lugar de Denis, como forma de "despedida". Ele ainda recebeu a faixa de capitão de Maicon e se emocionou. 

- Primeiramente, agradeço o carinho de todos os jogadores, não esperava receber a faixa. Não estou pensando em despedida, são 12 anos aqui, tenho um carinho muito grande e isso não vai mudar - disse o jogador, que entrou com a camisa 24.

- Agora, vou passar as férias com a família e pensar. É uma emoção que eu já havia pensado várias vezes como seria, mas foi muito diferente. Nunca esperei que fosse no último jogo, agradeço ao Pintado - completou o terceiro goleiro.

  
Antes desta partida, Léo só havia atuado uma vez pelo São Paulo: 45 minutos em amistoso contra o Londrina, em 2013. Desde a aposentadoria de Ceni, no fim do ano passado, ele passou a ser relacionado com mais frequência, mas ainda não havia ganhado uma oportunidade. Denis já foi poupado e cumpriu suspensão, mas o titular, nessas ocasiões, foi Renan Ribeiro.

O jogador de 26 anos ainda não anunciou se continuará no futebol em 2017, mas certamente se despede com uma bela homenagem do clube ao qual dedicou toda sua carreira até agora.