Marcio Porto e Thiago Salata
15/07/2016
11:58
São Paulo (SP)

O São Paulo recebeu e aceitou uma proposta de um clube chinês pelo atacante Alan Kardec, que pode ter sua venda anunciada ainda nesta sexta-feira, data de fechamento da janela chinesa. As partes correm com trâmites burocráticos para concretizar a venda. O clube é o Chonqing Lifan, que não conseguiu contratar o argentino Lucas Pratto, do Atlético-MG. A oferta é de 5 milhões de euros (R$ 18,1 milhões) por 70% dos direitos do atleta - o clube pagou R$ 14 milhões por ele em 2014 e tem 100% do atleta.

Houve um contratempo na negociação. A janela chinesa fechou por volta das 13h de Brasília e o sistema de transferências online da Fifa saiu do ar sem a confirmação do negócio. Por meio de uma "validação excepcional", no entanto, ainda é possível bater o martelo nesta sexta. O São Paulo já dá como certa a saída de Alan Kardec para o futebol chinês.

- A gente trata como muito provável. Comercialmente, as linhas já estão entendidas. Existe a tramitação burocrática, na Fifa, mas parece que não vai inviabilizar, pode retardar o processo. Não deve impedir, mas existe uma pequena possibilidade. Mas tratamos como uma saída iminente - confirmou o diretor-executivo do São Paulo, Gustavo Vieira de Oliveira.

A perda deixa o São Paulo em situação delicada. Isso porque seria o segundo centroavante a sair do elenco nesta janela, já que o argentino Jonathan Calleri se despediu após a queda do time na Libertadores. O jogador se apresenta à seleção argentina para a disputa da Olimpíada no Rio de Janeiro e depois deve seguir para a Europa.

Para a posição de centroavante, o São Paulo ainda tem Ytalo e o recém-contratado Gilberto. No entanto, os dois jogadores são considerados como opções de grupo e não com perfil de ser o substituto de Calleri, artilheiro do time na temporada com 16 gols e da Libertadores, com nove.

Kardec, por sua vez, estava recuperando a boa forma após um primeiro semestre desastroso. Ele marcou três gols nos últimos três jogos do Campeonato Brasileiro. Antes, no entanto, tinha feito apenas um em 30 partidas no ano.

O técnico Edgardo Bauza comentou sobre a situação do Kardec e disse ver o camisa 14 preparado para substituir Calleri caso não seja negociado. O argentino ainda alimentou uma esperança de contar com seu compatriota.

- Claro que Kardec está preparado. Na última partida, fez dois gols e mostra que é um atacante que pode definir partidas. Inclusive, chegaram ofertas por ele. Não só uma, como várias. E sobre Calleri, ainda não está definido sua ida para a Europa, vamos ver o que passa - afirmou Bauza.