Bruno Grossi
02/09/2016
16:47
São Paulo (SP)

É questão de tempo para Jean Carlos seja anunciado como novo reforço do São Paulo. O Tricolor resolveu as últimas pendências que lhe cabiam nas negociações e agora espera a assinatura do São Bernardo para oficializar o contrato por empréstimo até o fim do Campeonato Paulista de 2017, com opção de compra com preço fixado.

A diretoria do Bernô entregou os documentos ao departamento jurídico, que analisará as minutas do contrato antes de validá-lo. O discurso, porém, é de que tudo está resolvido e Jean jogará no Morumbi. O empréstimo foi fechado por R$ 200 mil e o valor fixado para a compra no próximo ano está "abaixo de R$ 1 milhão", segundo o presidente do São Bernardo, Thiago Ferreira.

O clube do ABC Paulista, antes de entrar em acordo com o São Paulo, optou por renovar o vínculo com o meia-atacante. O contrato de Jean terminaria no meio de 2017, mas agora terá duração até meados de 2018. O Tricolor também precisou resolver pendências anteriores, como pagar ao Vila Nova os direitos de vitrine, previstos no empréstimo do São Bernardo.

Diretor-executivo do time goiano, Felipe Albuquerque disse que o processo foi resolvido rapidamente e que os tricolores até superaram a porcentagem imposta pelo Bernô inicialmente. O cartola colorado ainda disse que o São Paulo pediu ajuda para que Jean viaje à capital paulista nesta sexta-feira para realizar exames médicos, assinar o contrato e ser integrado ao elenco.

Jean Carlos é líder de assistências nesta edição da Série B do Brasileirão, com oito passes para gols

A tendência é que Jean Carlos treine no CT da Barra Funda a partir de segunda-feira e, se tiver a documentação regularizada na CBF, poderá ser relacionado para encarar o Palmeiras, na próxima quarta-feira, no Allianz Parque. O São Bernardo também foi avisado da urgência dos são-paulinos para contar com o armador, já que Cueva está coma seleção peruana e Daniel pouco tem jogado nos últimos meses.

DÚVIDA
Outro reforço que já estava acertado com o São Paulo agora corre o risco de ficar pelo caminho. Nesta sexta, Marquinhos sofreu lesão muscular durante treino do Internacional e depende da gravidade do problema para ser liberado ao Tricolor, que reiterou aos gaúchos que só faria negócio se pudesse usar o atacante imediatamente. O estafe do atleta diz que a lesão foi leve e que o prazo de recuperação deve ser de cinco dias.