Leo Coelho, zagueiro do Santos

Leo Coelho tem contrato de empréstimo com o Santos até o fim deste ano (FOTO: Arquivo Pessoal)

Léo Saueia
27/05/2016
08:45
São Paulo (SP)

O Santos acertou por empréstimo até o fim deste ano a contratação do zagueiro Leo Coelho, que disputou o Paulistão deste ano pelo Rio Claro. Inicialmente acertado para a equipe B, antigo sub-23, o defensor de 23 anos participou de dois treinos com o elenco profissional nesta semana e não esconde o desejo de ser integrado de vez à equipe.

Mas até chegar no Santos, um dos maiores clubes do país, Leo Coelho rodou por diversos lugares e cidades. Revelado nas categorias de base do Nacional-SP, passou por Penapolense, Barueri, Paraná e Rio Claro. No meio do percurso, uma pausa para os estudos. Isso mesmo, para os estudos.

Desiludido com o mundo do futebol e já sem esperanças de concretizar o sonho de se tornar jogador de futebol, Leo Coelho interrompeu a busca por um clube e ingressou na faculdade de Administração, em São Paulo. Quando já se preparava para trocar as chuteiras pela calculadora, recebeu um convite para retornar ao Nacional que o fez balançar...

- Estava entre Nacional e Barueri, aí meio desiludido com o futebol, parei. Tinha começado a fazer ADM no Senac e me chamaram para voltar pro Nacional. Como eu ia ganhar um pouco mais que em algum estágio, acabei voltando - recordou o zagueiro, ao LANCE!.

Agora com o caminho aberto para dar o sonhado salto na carreira, Leo Coelho tem um objetivo claro em mente, que passa pela renovação de seu vínculo de empréstimo com o Santos. Noivo, o zagueiro de 23 anos busca 'estabilidade' para casar no fim do ano que vem.

Leo Coelho já rodou por Nacional, Barueri, Penapolense, Paraná e Rio Claro antes de acertar com o Santos B

- Com certeza, ter uma qualidade de vida melhor, estabilidade. A gente que joga bola está cada hora em um lugar. Renovando aqui ia poder estabilizar, construir família, ter uma condição de salário melhor também para cumprir minha vida, comprar meu carro e estruturar, até porque a carreira é curta. E outra, é o Santos, né. Oportunidade aparecendo aqui te abre para coisas ainda melhores - disse Leo, que aguarda pela conclusão da faculdade de sua noiva para morarem juntos.

No Santos, Leo Coelho estará mais em casa do que muitos imaginam. Após trilharem caminhos diferentes, o zagueiro reencontra o colega de posição Luiz Felipe, onde formaram a dupla de zaga do Paraná. Além de Luiz, Ronaldo Mendes também já foi companheiro do zagueiro do Santos B, na época de Penapolense.

- Somos amigos, saímos juntos. O Luiz foi pra Penapolense e não ia ser aproveitado, aí foi embora pro Paraná fazer teste. Gostaram dele e ficou. Quando cheguei lá, era um dos únicos que já conhecia e já grudei nele, né. Saíamos juntos, é um cara muito humildade. Aqui me chama para fazer alguma coisa, comer uma pizza na casa dele... - revelou. 

Para conquistar a confiança do técnico Dorival Júnior e desmancar a forte concorrência de David Braz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Paulo Ricardo, Leo Coelho dá a receita: manter a humildade.

- Primeiro a humildade, né. O Matheus Nolasco, conheci ele, é muito humilde. Com humildade você chega em qualquer lugar, Deus abençoa. Mas é treinar forte, me dedicar, mostrar que estou querendo, que estou merecendo e mostrar o futebol que eu tenho.