Russel Dias
16/04/2016
20:24
Santos (SP)

Se tivesse Paulinho à disposição, talvez o técnico Dorival Júnior não escolheria Vitor Bueno como titular. Mas como o camisa 26 está lesionado, o treinador apostou no garoto de 21 anos para jogar sua primeira decisão pelo Santos. Sorte de Dorival, do meia e principalmente do torcedor alvinegro. A escolha que parecia despretensiosa foi a que definiu o jogo: 2 a 0 para o Peixe sobre o São Bento, classificação à semifinal do Paulistão e dois gols de Vitor Bueno. Veja a repercussão nos vestiários.

Em uma semana que só se falou de contratações na Vila Belmiro, a solução veio de uma aposta. Logo aos 8 minutos da primeira etapa, quando o time de Sorocaba sequer tinha atacado o Peixe, Bueno escolheu tabelar com Lucas Lima, que o devolveu dentro da área. Como a bola chegou no pé esquerdo do meia destro, seria normal ele optar pelo passe. A escolha foi um chute de bico com o pé direito, aparentemente sem ângulo. "Buena" escolha! Golaço!

A bola chegou ao fundo das redes, sem chances para o goleiro Henal.
Com um domínio completo do Santos no primeiro tempo, chances do segundo gol não faltaram. Dos 34 até os 38 minutos, Gabigol e Renato tiveram oportunidades claríssimas de estugar as redes, mas como a noite de sábado parecia ser de Bueno, foi para ele que Ricardo Oliveira preferiu tocar e de carrinho o camisa 18 ele ampliou o placar.

Na segunda etapa foi o São Bento que ditou o ritmo, em busca de reduzir a vantagem. O time de Sorocaba chegou a acertar a trave e até a driblar Vanderlei. Cavalo entrou na área, deixou o camisa 1 no chão, mas chutou para fora. O Peixe, satisfeito com o placar, explorou os contra-ataques, com dificuldades.

Com Lucas Lima e Gabigol cansados, Dorival os substituiu e manteve Vitor Bueno até o fim. 

Muito provavelmente com Vitor como titular, o Santos aguarda os vencedores de São Paulo e Osasco Audax e Palmeiras e São Bernardo para saber quem será seu adversário na semifinal, novamente na Vila Belmiro. Buena escolha?

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 0 SÃO BENTO

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 16/4/2016 - 18h30
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo
Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Patrick André Bardauil
Público/renda: 12.051 pagantes/R$ 477.280,00
Cartões amarelos: David Braz (SAN)
Cartões vermelhos: -
Gols: Vitor Bueno (8'/1ºT) (1-0) e Vitor Bueno (40'/1ºT) (2-0)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno e Lucas Lima (Rafael Longuine, aos 22'/2ºT); Gabigol (Joel, aos 28'/2ºT) e Ricardo Oliveira (Elano, aos 37'/2º). Técnico: Dorival Junior.

SÃO BENTO: Henal; Régis Souza, João Paulo, Pitty e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder (Diego Clementino, no intervalo), Serginho Catarinense e Clebson (Everton Sena, aos 14'/2ºT); Rossi e Edno (Anderson Cavalo, aos 20'/2ºT). Técnico: Paulo Roberto Santos.