Gabriela Brino e Russel Dias
22/08/2017
06:00
Santos (SP)

Após sofrer uma ruptura no músculo adutor da coxa direita, Vecchio segue em processo de recuperação no Santos. Desde o jogo contra o Flamengo, em que o Peixe venceu por 4 a 2, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, no dia 26 de julho, o meia faz mais de 20 exercícios diariamente, mas ainda não está apto para treinar com bola.

Ansioso para retornar, Vecchio tem uma lista de afazeres diários, entre eles o "deep running", em português "corrida profunda", feito em uma piscina, com o auxílio de um cinto flutuador para manter a pessoa estável. Na atividade, o meia simula uma corrida. Além disso, apesar de não sentir dores, também faz analgesia (um método que tira a dor) por prevenção.

No entanto, apesar da evolução, o argentino ainda não está em condições para fazer treinos com bola. O prazo mínimo de retorno aos jogos é o dia 9 de setembro, na véspera do clássico contra o Corinthians, que será dia 10, na Vila Belmiro, pela 23º rodada do Campeonato Brasileiro.

Empolgado com a evolução, Vecchio compartilhou em seu Twitter um processo médico com células da medula óssea para acelerar sua volta ao Peixe. A aplicação ajuda na capacidade de cicatrização do local.

Vale lembrar que o meia havia ganhado uma vaga no time por causa de outra lesão, a de Renato, que tratava um estiramento na coxa direita. Atualmente o camisa 8 está recuperado e em transição de campo.