LANCE!
01/09/2016
12:44
Santos (SP)

O volante Thiago Maia tomou uma decisão importante durante a janela de transferências para a Europa. Enquanto recebeu propostas de equipes do alto escalão do Velho Continente, ele optou por permanecer no Santos e explicou em argumentos sua decisão.

- A decisão foi minha. No fim do ano terão outras propostas. Muita gente estava falando que eu tinha saído, que tinha gente (empresário) no hotel falando comigo. Deixei tudo tranquilo e falei para o Dorival e para a diretoria que ia ficar. Devo isso ao Santos, tenho muito o que aprender aqui. Tenho que respirar mais um pouco e esperar mais tempo para ir embora depois de ser campeão.

- Fico feliz pelo interesse de grandes times da Europa. É um sonho de criança jogar lá, mas lembro das dificuldades, do meu pai me levando para treino, com chuteiras de pouca qualidade. Me identifico aqui no Santos, quis ficar mais, se fosse por dinheiro, eu sairia - explicou o medalhista de ouro na Olimpíada.

Mesmo com a ideia de sair do Santos no ano que vem, um fator pode fazer com que o jovem de 19 anos permaneça na Vila Belmiro: a classificação para a Libertadores.

Na mira de Chelsea (ING), Napoli (ITA) e Atlético de Madrid (ESP), o camisa 29 do Alvinegro sonha em disputar a competição Sul-Americana antes de ser vendido.

- Se Deus quiser, recebo mais propostas, mas se nos classificarmos para a Libertadores, eu fico.

- Quero ser campeão brasileiro, da Copa do Brasil e, se formos para a Libertadores, acho que fico mais tempo no Brasil. Tenho sonho de jogar essa competição, é um campeonato parecido com meu estilo, com mais pegada - completa o volante, que tem contrato válido até junho de 2019.

Após a derrota para o Figueirense, o meio-campista ganhou folga e visitou a família em Roraima, mas precisou de mais um dia para retornar a Santos, por questões logísticas, o que fez com que alguns se assustassem, já que a janela de transferências para a Europa fechou justo no dia em que Thiago estava viajando, e o Santos treinando.

- O auxiliar me ligou ontem achando que eu tinha sido vendido e ontem era o último dia da janela. Só o Dorival sabia que eu não viria ontem porque eu estava voltando de Roraima. Foi engraçado, mas eu estava em Santos já - comenta, dando risada.