icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
07:24

Depois de renovar com David Braz por mais quatro anos, o Santos quer que Victor Ferraz siga o mesmo caminho. No caso do lateral, o processo não é tão simples, pois quando foi contratado seus direitos econômicos ficaram divididos em quatro partes: Traffic, Coritiba, uma do próprio jogador e outra de empresários. Portanto, será necessário um pré-contrato para a extensão do vínculo.

Como seu contrato com o Peixe termina no fim deste ano, Victor Ferraz será dono de 100% de seus direitos já em janeiro de 2016. Desta forma, ele poderá negociar da forma como quiser e estipular os valores que julgar justo.

Na atual negociação, a Traffic permanecerá com uma parte da fatia e o Santos deverá adquirir a maior parte dos direitos econômicos. Como garantia, o clube acertou as novas bases salariais com a camisa 4 e lhe ofereceu um pré-contrato, para assegurar que o ala não deixe a Vila Belmiro até a assinatura do novo vínculo.

No vínculo firmado pela gestão anterior, comandada por Odílio Rodrigues, o Santos tinha um prazo até junho deste ano para comprar os direitos que pertencem ao Coxa, o que não ocorreu na época.

Na temporada, Ferraz é o atleta que mais jogou pelo Santos e esteve em 44 jogos. Titular desde o ano passado, ele converteu um dos pênaltis contra o Palmeiras na final do Paulistão deste ano vencida pelo Peixe.

Depois de renovar com David Braz por mais quatro anos, o Santos quer que Victor Ferraz siga o mesmo caminho. No caso do lateral, o processo não é tão simples, pois quando foi contratado seus direitos econômicos ficaram divididos em quatro partes: Traffic, Coritiba, uma do próprio jogador e outra de empresários. Portanto, será necessário um pré-contrato para a extensão do vínculo.

Como seu contrato com o Peixe termina no fim deste ano, Victor Ferraz será dono de 100% de seus direitos já em janeiro de 2016. Desta forma, ele poderá negociar da forma como quiser e estipular os valores que julgar justo.

Na atual negociação, a Traffic permanecerá com uma parte da fatia e o Santos deverá adquirir a maior parte dos direitos econômicos. Como garantia, o clube acertou as novas bases salariais com a camisa 4 e lhe ofereceu um pré-contrato, para assegurar que o ala não deixe a Vila Belmiro até a assinatura do novo vínculo.

No vínculo firmado pela gestão anterior, comandada por Odílio Rodrigues, o Santos tinha um prazo até junho deste ano para comprar os direitos que pertencem ao Coxa, o que não ocorreu na época.

Na temporada, Ferraz é o atleta que mais jogou pelo Santos e esteve em 44 jogos. Titular desde o ano passado, ele converteu um dos pênaltis contra o Palmeiras na final do Paulistão deste ano vencida pelo Peixe.