Audax x Santos (Foto: Pablo Kennedy/LANCE!press)

Ricardo Oliveira parou na trave duas vezes em Osasco (Foto: Pablo Kennedy/LANCE!press)

Russel Dias
02/05/2016
06:00
Santos (SP)

O Santos conquistou o Campeonato Paulista de 2015 revertendo uma situação adversa, após perder por 1 a 0 para o Palmeiras no jogo de ida da final. Em outras situações no entanto, não conseguiu se recuperar após perder o primeiro jogo, como foi nos estaduais de 2014, contra o Ituano, e contra o Corinthians, em 2013.

Já nesta temporada, o desafio tem outro panorama. Como empatou em 1 a 1 com o Audax no último domingo, em Osasco, o Peixe tem vantagem para a decisão da Vila Belmiro, no próximo domingo, às 16 horas.

No entanto, a postura dos santistas é de cautela e nada parecido com um tom de "já ganhou", apesar da confiança de se jogar em casa, onde o Santos não perde há 27 jogos.

- Nós temos pela frente um grande adversário que é o Audax. E me preocupo com o adversário, sim, mas não tenho dúvidas que o rendimento do Santos será bom - resumiu o técnico Dorival Júnior.

No ano passado, após perder para o Palmeiras por 1 a 0 no Allianz Parque, o Santos fez 2 a 1 na Vila e garantiu a conquista nos pênaltis. Já em 2014, perdeu para o Ituano por 1 a 0 no Pacaembu e venceu pelo mesmo resultado o segundo jogo, mas perdeu nos pênaltis. Já em 2013, perdeu o primeiro jogo por 2 a 1 para o Corinthians e empatou em 1 a 1 na decisão.