Vitor Bueno, meia do Santos

Vitor Bueno é titular do Santos desde o fim do Paulistão (FOTO: Ivan Storti)

LANCE!
23/05/2016
16:51
Santos (SP)

Vitor Bueno vive dias de prestígio no Santos. Autor do gol (de falta) que empatou o jogo contra o Coritiba, no domingo, em que o Peixe virou por 2 a 1, o meia de 21 anos terá uma função de responsabilidade de ser o armador das jogadas do Peixe durante a ausência de Lucas Lima enquanto estiver na Seleção Brasileira.

No entanto, o meia reconhece que não será uma tarefa fácil para o Brasileirão.

- É um grande desfalque. Temos de suprir a falta dele. Vamos ter de encontrar alguém para fazer isso. Sabemos que é muito difícil fazer o que ele faz e temos de nos adaptar ao máximo - comentou o camisa 18.

Sobre o gol de falta no domingo, Vitor admite que pensou em cruzar, mas graças a Dorival Júnior, ele mudou de ideia e igualou o placar em 1 a 1.

- Vou ser realista: no momento que teve a falta, vi que estava distante. Mas na hora que ajeitei, me posicionei. Olhei para trás, o Dorival me deu o aval de chutar no gol. Eu treino bastante também essas cobranças mais de longe. Olhei para trás, o professor deu aval, disse para bater. Fiquei muito feliz em fazer o gol - concluiu.