Léo Saueia
30/01/2016
19:03
Santos (SP)

Ufa! Talvez este tenha sido o sentimento da torcida santista, já com saudade de ver seu time jogar, quando a bola começou a rolar na Vila Belmiro. Mas durante o jogo, a impaciência tomou conta dos 9.341 presentes e até mesmo dos jogadores e o Peixe apenas empatou com o São Bernardo na estreia do Paulistão por 1 a 1.

Logo nos minutos iniciais, mais precisamente aos oito, a zaga santista deu bobeira dentro da área após cobrança de escanteio e a bola sobrou limpa para o zagueiro do Bernô Luciano Castán balançar as redes do Urbano Caldeira pela primeira vez no ano. Ainda tentando se encontrar em campo, o Alvinegro tentava trocar passes, mas esbarrava na marcação adversária e pouco conseguia criar.

Campeonato Paulista - Santos x São Bernardo
Santos tropeça diante do São Bernardo na estreia do Paulista


Lucas Lima, único responsável pela criação das jogadas ofensivas, não conseguiu desmontar o sistema defensivo com passes rápidos e abusou dos lançamentos longos. O trio de ataque formado por Ricardo Oliveira, Paulinho e Gabigol, ainda buscando a melhor forma física após a pré-temporada, pareciam não ter pernas para apertar a marcação no campo de ataque e pouco criaram.


O único lance de perigo do Peixe na primeira etapa veio em bola aérea. Zeca recebeu pela esquerda e fez cruzamento na medida para Gustavo Henrique, que testou firme para linda defesa do goleiro Daniel, aos 19 minutos. Depois disso, os comandados de Dorival Júnior rondaram a área do rival, mas sem conseguir uma infiltração com a bola nos pés.

Sentindo o problema de criação de seus jogadores, Dorival voltou para o segundo tempo com o meia Serginho no lugar do volante Thiago Maia. O jovem até começou buscando o jogo e se movimentando, mas com o tempo, assim como toda a equipe, se perdeu em campo.

O Peixe voltou mais ligado dos vestiários, mas sem conseguir em momento algum assustar o goleiro Daniel. Em cobrança de falta na entrada da área, Lucas Lima mandou por cima do gol, sem perigo. Desesperado para buscar empate, o Alvinegro abusou da falta de atenção e passou a perder vários lances na defesa. Um deles, aliás, quase resultou no segundo gol do São Bernardo. Marino recebeu passe no contra-ataque, invadiu a área e parou em grande defesa do goleiro Vanderlei. Na sequência, Diego Ivo recebeu cruzamento e cabeceou para outro milagre do arqueiro santista.

Com Joel no lugar de Paulinho e Neto Berola na vaga de Renato, o Santos ganhou em velocidade. No único lance de inspiração ofensiva, o time da casa conseguiu o empate. Ufa! Lucas Lima recebeu pela esquerda e cruzou para Gabigol, livre, cabecear para o gol e deixar tudo igual no marcador.

Apesar da ansiedade e vontade para buscar a virada, a verdade é que faltou futebol ao Peixe na tarde deste domingo. A temporada já começou e é preciso jogar mais para conquistar o bicampeonato. Ufa! Pelo menos o empate...

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 x 1 SÃO BERNARDO

Data e horário: 30 de janeiro de 2016, sábado
Local: Vila Belmiro, Santos (SP), 17h 
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Morais e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: Gabigol (SAN); Léo Veloso e Paulo Marcelo (SBO)
Gols: Leandro Castán - 10'/1ºT (0-1); Gabigol - 36'/2ºT (1-1)
Renda/Público: R$ 389.315,00/9.341 pagantes

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Serginho - intervalo), Renato (Neto Berola 32’/2º T) e Lucas Lima; Gabigol, Ricardo Oliveira e Paulinho (Joel 17'/2º T). Técnico: Dorival

SÃO BERNARDO: Daniel; Eduardo, Diego Ivo, Luciano Castán e Léo Veloso; Daniel Pereira, Daniel Amora, Cañete (Jean Carlos 24'/2º T) e Marino (Lucas Newiton 31'/2º T); Magal e Kanu (Paulo Marcelo 17'/2º T). Técnico: Roberto Fonseca