Diego Cerri

(Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)

Gabriela Brino
13/12/2017
00:05
Santos (SP)

Rui Costa não aceitou a proposta do Santos para o cargo de diretor executivo do clube. Ele teve uma reunião com a diretoria da Chapecoense e definiu que permaneceria em seu atual time. O principal nome para a direção santista passa a ser o de Diego Cerri.

Ao Lance!, Rui afirmou que as conversas com o recém-eleito José Carlos Peres realmente existiram, mas não pôde aceitar a oferta por ter contrato com a Chape até o final de 2018.

- Me sinto engrandecido pelo convite de trabalhar em um clube como o Santos. Imagina, é um dos maiores clubes do mundo. Eu não disse não. Eu apenas vou cumprir o meu contrato até o final de 2018 com a Chapecoense. Assim como fiz no Grêmio e assim como farei com o próximo clube que irei trabalhar - disse.

- É um projeto incrível e muito desafiador. Eu até disse (ao Peres) que não era um adeus, mas um até logo. Futuramente podemos voltar a conversar, mas agora tenho o compromisso de seguir na Chapecoense - acrescentou.

Já Cerri, recusou a oferta por ter um planejamento com o Bahia em andamento. Por conta do grupo seguir o mesmo, quer dar continuidade no projeto com o qual se envolveu.

Por ter uma boa experiência com a base, Cerri chamou a atenção de Peres, que ressalta que "a base é a coroa do rei". Ele, inclusive, tem a ideia de reforçar o time com os meninos e pediu paciência ao torcedor durante essa transição para o profissional.

- A base é coroa do rei. É interessante que quando o jogador do Santos é lançado, que o sócio tenha paciência com esse jogador. O Santos vai passar a ter comando. Ter dirigente, um executivo responsável, que tenha histórico de categorias de base e do time principal. Não vamos abrir mão - disse Peres em entrevista à SporTV na última segunda-feira.

Aos 42 anos, Diego tem passagens pelo Grêmio Barueri, Red Bull, Ceará e atualmente o Bahia. Ele já desempenhou a função de técnico e preparador físico. Peres pretende deixá-lo responsável pelas categorias de base e time principal, além de tomar conhecimento do feminino.