Renato - Santos

Renato foi titular do Santos em todos os jogos no ano (Foto: Ricardo Saibun / Santos FC)

LANCE!
15/03/2016
09:25
Santos (SP)

O duelo desta terça-feira diante do XV de Piracicaba, no Estádio Barão de Serra Negra, será especial para um dos principais jogadores do Santos e ídolo da torcida.

O experiente volante Renato completará a marca de 300 jogos com a camisa do clube. No atual elenco, apenas Elano soma mais atuações que o camisa 8: 308.

De acordo com Renato, campeão brasileiro pelo Santos em 2002 ao lado do próprio Elano, alcançar a marca com a camisa do clube de coração é motivo de orgulho.

- É um orgulho para mim completar 300 jogos com a camisa do Santos. É uma satisfação enorme defender o clube de coração. Continuarei me esforçando para fazer o melhor a cada jogo e atuar muito mais vezes. Quero encerrar minha carreira aqui e, é claro, deixar meu nome na história. Não adianta um jogador só passar pelo clube. Quero fazer história enquanto eu jogar aqui - disse o veterano volante. 

Entre as 300 partidas em que defendeu as cores do Alvinegro, Renato listou alguns jogos como os mais marcantes em sua trajetória. Além da histórica decisão contra o Timão em 2002, quando o Peixe venceu as duas partidas, Renato citou uma partida um tanto quanto inusitada: a semifinal disputada com o Botafogo, pela Taça Rio-São Paulo de 2001.

- Outro que fica na memória e é até engraçado, porque perdemos, é o jogo contra o Botafogo, pois houve uma coisa curiosa que aconteceu na Vila daquela vez: nunca vi entrar tanto chinelo havaiana dentro da Vila. Sofri um pênalti claro, o juiz não deu e nisso começou a voar chinelo de todo lado (risos) - recorda.

Mas o duelo de logo mais, Renato quer mesmo é lembrar por um gol.

- Será muito legal se sair um gol, vou comemorar muito - revelou.