Copete,Yuri e Rodrigão

Copete, Yuri e Rodrigão se destacaram (Fotos: Ricardo Moreira / Fotoarena e Ivan Storti)

Guilherme Amaro
10/07/2016
07:30
São Paulo (SP)

Ainda em processo de redução no número de jogadores do elenco, o Santos vê os reforços que já estrearam se destacarem. Dos quatro recém-contratados que atuaram, apenas o meia Jean Mota ainda não marcou. Já o centroavante Rodrigão marcou três gols e deu uma assistência em quatro jogos, o atacante colombiano Copete tem dois gols e duas assistências em duas partidas, e volante Yuri atuou seis vezes e marcou um gol.

O trio se tornou importante em um momento decisivo para o Peixe. Rodrigão tem sido titular enquanto Ricardo Oliveira se recupera de lesão. Já Copete e Yuri deverão ser os substitutos de Gabigol e Thiago Maia, que disputarão a Olimpíada. O colombiano pode abreviar sua entrada no time no lugar de Vitor Bueno.

Além dos reforços que já estrearam, o Santos ainda conta com o zagueiro Fabián Noguera e o meia Vecchio, ambos argentinos. Ex-Banfield (ARG), o defensor não atua desde outubro do ano passado, mas disse em sua apresentação na última quarta-feira que está bem fisicamente e precisa de poucos dias para jogar. Vecchio, por sua vez, já está à disposição do técnico Dorival Júnior.

Com a reformulação, é possível dizer que o elenco ganhou qualidade. Questionado sobre isso, o zagueiro Gustavo Henrique disse acreditar que o grupo está mais completo.

– É difícil falar sobre isso, mas acho que o elenco está mais completo. Nosso elenco é muito forte, e essa disputa ajuda o elenco. Os titulares sabem que podem perder posição se derem brecha. É uma disputa sadia e valoriza o elenco, com amizade acima de tudo. Com o passar dos jogos, vamos nos conhecendo e entrosando mais – analisou o zagueiro.

Atualmente, o elenco santista conta com 34 jogadores. A ideia de Dorival Júnior e sua comissão técnica é reduzir esse número para 32.