Audax - Bruno Paulo e Camacho (foto:divulgação)

Bruno Paulo (na esquerda) e Camacho se destacaram pelo Audax no Paulistão (Foto: Divulgação)

Russel Dias
01/05/2016
09:00
Santos (SP)

A perda de Marquinhos Gabriel para o Corinthians não foi o suficiente para o Santos ter mais agilidade no mercado. Do adversário de hoje, três jogadores foram aprovados pelo técnico Dorival Júnior: o lateral Tchê Tchê, o meia Camacho e o atacante Bruno Paulo, no entanto, dificilmente um deles será do Peixe após a final.

Quando o trio chamou a atenção da comissão técnica, a diretoria decidiu esperar o Audax ser desclassificado da competição para a negociar. No entanto, os rivais pensaram diferente e frustraram.

O Palmeiras já acertou com Tchê Tchê, que até levou bronca de um dirigente durante o treino do Audax que antecedeu as finais. Já a dupla Camacho e Bruno Paulo interessa e negocia com o Corinthians. Tal fato não chega a irritar a diretoria alvinegra, pois a cúpula não quis criar uma intriga com a direção do Osasco antes da final.

Sendo assim, o Santos deve concretizar o acerto com outro jogador que disputou o Paulista: Thiago Galhardo, que estava no Red Bull e pertence ao Coritiba. O meia pode chegar por empréstimo à Vila Belmiro.

Recentemente, o Peixe acertou a contratação antecipada do atacante Rodrigão, do Campinense, e do zagueiro argentino Fabián Noguera, do Banfield. Ambos acertaram com o Santos enquanto defendiam outros clubes, mas as duas negociações aconteceram com consentimento das diretorias dos clubes.

Foi assim também quando o Santos teve interesse em Michel Bastos e Alan Kardec, em que o presidente Modesto Roma Júnior tratou diretamente com Leco, que comanda o São Paulo, além de outros casos, como quando Leandro foi do Palmeiras para a Vila Belmiro no começo do ano passado por empréstimo.