icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/08/2015
18:19

O Santos recebeu uma proposta formal do Fenerbahce, da Turquia, para vender os 40% que detém dos direitos do atacante Gabigol, que completa 19 anos neste domingo. Apesar de admitir oficialmente o recebimento de uma oferta, o clube afirma que ela não está nos moldes divulgados pelo empresário do jogador, Wagner Ribeiro, por meio de uma postagem no Twitter.

- A proposta que está colocada na rede social não chegou para o Santos - disse o presidente Modesto Roma Júnior.

Apesar de Modesto não ter revelado valores, respondeu que "não foi isso que eu disse" quando a reportagem do LANCE! questionou se, então, não havia proposta oficial do clube turco. Outra pessoa envolvida na negociação relatou que o Fenerbahce na verdade ofereceu 10 milhões de euros (R$ 40 milhões) e não os 20 milhões de euros (R$ 80 milhões) que foram escritos pelo agente na rede social. Modesto entrará em contato nesta segunda-feira com o presidente do Fenerbahce para oficializar a recusa.

- Está muito perto do encerramento da janela, mas se ele trouxer o documento com este valor que você falou (20 milhões de euros) nós vamos analisar, conversar. Pelo valor oferecido não tem negócio - completou Modesto.



Nestes moldes, como detém apenas 40% dos direitos econômicos, o Peixe receberia R$ 16 milhões pela venda de uma de suas maiores promessas nos últimos anos. Aos 19 anos completados neste domingo, Gabigol tem 109 jogos e 35 gols marcados, além do título do Paulistão de 2015 e da conquista do respeito da torcida.

Wagner Ribeiro foi procurado pela reportagem, mas não atendeu o telefone em nenhuma das tentativas. O empresário de Gabigol está em Santos desde a noite do último sábado e já se encontrou com o próprio jogador e seus familiares. Esta segunda-feira será o último dia para a apresentação da proposta formal, já que a documentação precisa ser enviada no máximo terça-feira.

O Santos recebeu uma proposta formal do Fenerbahce, da Turquia, para vender os 40% que detém dos direitos do atacante Gabigol, que completa 19 anos neste domingo. Apesar de admitir oficialmente o recebimento de uma oferta, o clube afirma que ela não está nos moldes divulgados pelo empresário do jogador, Wagner Ribeiro, por meio de uma postagem no Twitter.

- A proposta que está colocada na rede social não chegou para o Santos - disse o presidente Modesto Roma Júnior.

Apesar de Modesto não ter revelado valores, respondeu que "não foi isso que eu disse" quando a reportagem do LANCE! questionou se, então, não havia proposta oficial do clube turco. Outra pessoa envolvida na negociação relatou que o Fenerbahce na verdade ofereceu 10 milhões de euros (R$ 40 milhões) e não os 20 milhões de euros (R$ 80 milhões) que foram escritos pelo agente na rede social. Modesto entrará em contato nesta segunda-feira com o presidente do Fenerbahce para oficializar a recusa.

- Está muito perto do encerramento da janela, mas se ele trouxer o documento com este valor que você falou (20 milhões de euros) nós vamos analisar, conversar. Pelo valor oferecido não tem negócio - completou Modesto.



Nestes moldes, como detém apenas 40% dos direitos econômicos, o Peixe receberia R$ 16 milhões pela venda de uma de suas maiores promessas nos últimos anos. Aos 19 anos completados neste domingo, Gabigol tem 109 jogos e 35 gols marcados, além do título do Paulistão de 2015 e da conquista do respeito da torcida.

Wagner Ribeiro foi procurado pela reportagem, mas não atendeu o telefone em nenhuma das tentativas. O empresário de Gabigol está em Santos desde a noite do último sábado e já se encontrou com o próprio jogador e seus familiares. Esta segunda-feira será o último dia para a apresentação da proposta formal, já que a documentação precisa ser enviada no máximo terça-feira.