LANCE!
09/09/2016
11:37
São Paulo (SP)

A arbitragem do jogo entre Internacional x Santos, vitória colorada por 2 a 1 nesta quinta-feira, irritou profundamente o presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior. Na manhã desta sexta-feira, mandatário santista fez duras críticas à equipe que apitou a partida, comandada pelo árbitro Rodrigo Batista Raposo (DF/ASP-Fifa). Rodrigo expulsou Lucas Lima aos 45 minutos do primeiro tempo por conta de o meia ter retardado o reinício do jogo. Modesto vê o cartão vermelho como má intenção da arbitragem.

- Não sei se é um bom dia. Com essa falta de respeito da arbitragem de ontem... Não pode ser um bom dia - disse Modesto, completando em seguida. - Já era o placar, a expulsão do Lucas Lima já era, o prejuízo já aconteceu, não dá para remediar um terremoto. Mas já estamos avisando há muito tempo. Aí vem o sr. Walter Feldman [secretário-geral da CBF] falando que vamos mudar, vamos pegar os melhores árbitros... É trio de vagabundo, sim. Má intenção a gente não pode perdoar. Ontem, ele estava mal intencionado - afirmou o presidente do Santos em entrevista à ESPN Brasil.

Modesto também disparou contra Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF.

- Vai continuar assim, porque o passado deu essa estrutura vergonhosa, todo mundo sabe a incompetência do chefe de arbitragem. Se quiserem me processar, me processem, mas o que foi feito ontem... isso é uma vergonha. Ou então é pior ainda, espero que seja só uma vergonha - falou Modesto, finalizando seu pensamento com mais críticas a Sérgio Corrêa.

- Em jogo contra o Corinthians [em 2015], o arbitro expulsou o David Braz e mentiu na súmula. Uma semana depois, ele estava apitando. Sergio Corrêa, continuo querendo sua cabeça na CBF, porque você não tem competência para dirigir a arbitragem do futebol brasileiro - completou.