Vila Belmiro (Foto: Divulgação)

Vila Belmiro será palco do primeiro jogo da final (Foto: Divulgação)

LANCE!
04/11/2015
15:17
São Paulo (SP)

A CPI das Torcidas Organizadas recebeu na manhã desta quarta-feira representantes de três torcidas organizadas de clubes da cidade de São Paulo. Atevir Nogueira da Pavilhão 9, Marcelo Moisés da TUP e André Azevedo da Dragões da Real estiveram com o vereador Laércio Benko (PHS/SP), presidente da CPI que tem o objetivo de acabar com a violência entre torcedores.

Na reunião, Benko 'profetizou' uma tragédia envolvendo o primeiro jogo da final da Copa do Brasil, entre Santos e Palmeiras, na Vila Belmiro, no próximo dia 25. Os dois clubes já decidiram um título no estádio neste ano, sem grandes problemas, no Campeonato Paulista. O Peixe já fez várias decisões recentes na Vila.


- A final da Copa do Brasil na Vila Belmiro, em Santos, é de uma irresponsabilidade gigante, não há estrutura para garantir a segurança nesse jogo - disse o presidente da CPI.

Ainda de acordo com o vereador, o papel das torcidas organizadas para o fim das brigas entre diferentes agremiações é fundamental em parceria com o Estado, Polícia Militar e Ministério Público.

- Quero ver as famílias de volta aos estádios, com segurança, aproveitando uma das formas de lazer mais democráticas da sociedade - afirmou.