HOME - Palmeiras x Santos - Campeonato Paulista - Gabigol (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/LANCE!Press)

Gabigol tem multa de rescisão de 50 milhões de euros (R$ 197 milhões) (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/LANCE!Press)

LANCE!
15/04/2016
08:00
Santos (SP)

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, costuma ser contundente ao falar sobre vender jogadores do Santos. É sempre contra qualquer ideia de perder, principalmente, seus jogadores de ataque, como é o caso de Lucas Lima, que constantemente mostra seu desejo de jogar na Europa. No entanto, na noite de quinta-feira, aniversário de 104 anos do clube, o dirigente se mostrou mais flexível quanto a ideia de vender o atacante Gabigol, de 19 anos.

Questionado sobre a janela de transferências para a Europa, que abre em julho, o presidente do Peixe, afirmou que é inviável vender Lucas Lima ou Thiago Maia, que tem 18 anos, já em relação a Gabriel, um bom negócio seria bem vindo.

- O Lucas e o Thiago, nenhuma chance (de serem vendidos). O Thiago Maia é muito jovem para abrir mão dele. Do Lucas Lima temos uma porcentagem baixa e não nos interessa negociar. Não resolveria nosso problema. Em relação ao Gabriel, pode ser que uma proposta muito atrativa force a troca de jogadores - afirmou o presidente.

Recentemente, Modesto recebeu na Vila Belmiro o empresário de Gabigol, Wagner Ribeiro. Antes disso, o camisa 10 do Santos já havia recusado uma proposta do Fenerbahçe, da Turquia. Há também sondagens da Espanha e da Inglaterra pelo atacante que já tem mais de 50 gols na carreira.

- Não ouvi ele (Modesto) falando, então, não posso falar. Se ele falou isso, eu respeito. É o nosso presidente. Mas, não tenho muito a ver com isso, não. Graças a Deus está dando tudo certo pra mim. Estou fazendo gols, estou em um momento maravilhoso da minha carreira. Acho que é normal clubes europeus virem atrás do meu futebol. Mas, meu foco é totalmente no Santos e quero ficar aqui.

- Proposta da China, da Rússia e da Turquia eu já tive. Então, eu optei por ficar. Claro que são equipes grandes, que têm um bom mercado também, mas meu foco é no Santos. Ao meu ver, é ficar no Santos por enquanto e ir para um time A da Europa no futuro - ressaltou Gabigol, durante evento de comemoração do aniversário do Peixe.