Gabigol pela Inter de Milão

Apesar da preferência do Barça, Gabigol foi para a Inter de Milão (Foto: Divulgação)

LANCE!
06/09/2016
17:13
Santos (SP)

As brigas entre Santos e Barcelona não param. Depois da venda de Neymar, que gerou atrito entre os clubes até na Fifa, agora as duas equipes brigam por causa de Gabigol. Os catalães acusam dirigentes santistas de não cumprirem com a cláusula de preferência de compra que o Barça tinha em relação a Gabigol.

Segundo os espanhóis, o Peixe era obrigado a informar o Barcelona sobre a oferta da Inter de Milão antes, o que só aconteceu no dia 29 de agosto, sendo que a janela de transferências se fechou no dia 31. O alvinegro, nos bastidores, rebate e alega que a proposta só foi aceita faltando pouco para o período de transações ser concluído.

- Não respeitaram o contrato, e o Barcelona vai defender seus interesses. Já enviamos um fax - disse Josep Maria Bartomeu, presidente do Barça, à rádio Rac1. O dirigente não sabe se a ação contra o Santos sera na Justiça ou na Fifa.

A proposta final da Inter de Milão (ITA) para o Santos foi de 29,5 milhões de euros (R$ 106,2 milhões). Para o Barcelona ficar com o atacante, bastava igualar a proposta dos italianos, já que tinha a preferência de compra desde a venda de Neymar.

O Peixe ficou com 18 milhões de euros (R$ 64,8 milhões), devido à uma cláusula de liberação, mas terá que repassar cerca de R$ 12 milhões ao fundo Doyen Sports, que tinha 20% dos direitos do jogador. O restante será dividido entre Gabriel e seu estafe, que tinha 40% dos direitos.