Léo Saueia
11/08/2016
06:15
São Paulo (SP)

Gabigol, definitivamente, vive um enorme dilema em sua carreira, que apenas se inicia. Recheado de diversas propostas do futebol europeu, o camisa 10 santista, que atualmente defende a Seleção na Olimpíada, tem dúvidas em relação ao seu futuro e pesa na balança as possíveis decisões a se tomar.

Na última terça-feira, o atacante recebeu oferta de 27 milhões de euros (cerca de R$ 95 milhões) do Leicester, pequeno clube inglês que surpreendeu o mundo ao conquistar o título nacional. Apesar de ser, em números, a mais vantajosa que já recebeu até agora, Gabigol ainda não tem claro seu desejo.

Santista declarado desde pequeno e Menino da Vila já nas categorias mais inferiores da base do clube, a joia tem o desejo de partir apenas com um título de expressão.

Acompanhando de longe a campanha alvinegra no Brasileirão - o Santos chegou até a liderar por uma rodada -, Gabigol crê que essa seja a oportunidade de fazer história e levar o clube à Libertadores.

Ciente desse anseio do cobiçado atacante, alguns dos clubes que enviaram propostas pelo santista já se dispuseram a negociar a data de chegada no Velho Continente. 

A Inter de Milão, clube que mais se aproximou de Gabigol e negociou até mesmo salários, está disposta a recebê-lo no fim deste ano, após a disputa do Brasileirão. Outros clubes, como o próprio Leicester, mostraram-se dispostos a conversas e discutir com o Alvinegro.

O Santos vê essa condição com bons olhos, já que poderia desde já monitorar opções no mercado para substituir o jovem de 19 anos. Com Gabriel no elenco pelo menos até dezembro, o técnico Dorival Júnior teria um problema a menos para administrar e manteria o Peixe firme na luta pelo Brasileirão (pode ser o 10º titulo nacional da história alvinegra).

A decisão da joia, apesar de toda a novela que a cerca, será tomada apenas depois dos Jogos. Por enquanto, ficam apenas proposições.