Danilo e Cristiano Ronaldo - Borussia Dortmund x Real Madrid

Lateral-direito defende o Real Madrid (Foto: PATRIK STOLLARZ / AFP)

Russel Dias
01/10/2016
09:00
Santos (SP)

Depois de cobrar o Barcelona (ESP), por achar que tem direito a receber mais do que ganhou com a venda de Neymar, o Santos vai à Fifa cobrar o Porto (POR) e o Atlético de Madrid (ESP) por quantias que não recebeu pelas vendas de Danilo e Caio, respectivamente.

O lateral-direito Danilo foi vendido ao Porto em 2012 e, na época, ficou acertado que o Peixe teria direito a 10% do lucro de uma futura venda. No ano passado, o Real Madrid contratou o ala por 31,5 milhões de euros (cerca de R$ 103 milhões), desta forma, o Santos teria que receber 1.718.500,00 euros (aproximadamente R$ 5.554.108,00), o que ainda não aconteceu, segundo o clube da Vila Belmiro.

O que tem causado desconforto no Peixe é, segundo dirigentes santistas, a postura do Porto, que não mantém contato e não retorna ligações, o que motiva o Alvinegro a enviar a demanda para a Fifa.

Outra negociação que não está clara aos olhos do Santos é a venda do meia Caio, que sequer se profissionalizou na Vila Belmiro. O meia deixou o clube em fevereiro deste ano rumo ao Atlético de Madrid, da Espanha, e o clube ainda não recebeu o valor da venda.