Léo Saueia e Russel Dias
18/12/2016
07:15
São Paulo e Santos (SP)

Como revelado pelo LANCE!, a diretoria do Santos quer aproveitar a viagem ao Paraguai nesta semana para encontrar dirigentes de Atlético-MG e Atlético-PR e viabilizar as contratações de Cazares e Marcos Guilherme para a Libertadores. Antes do embarque, o Peixe já se movimenta para definir a melhor estratégia em cada um dos casos.

Inicialmente, a ideia era contratar Cazares por empréstimo, mas o presidente Modesto Roma Júnior ouviu dos representantes do jogador que o Galo não aceita as condições. A única saída para concretizar a negociação seria comprar os direitos econômicos.

Interessado no equatoriano de 24 anos, que agrada ao técnico Dorival Júnior, o Santos já busca alternativas para convencer diretamente Daniel Nepomuceno a liberar o jogador por uma quantia inferior aos 4 milhões de euros (cerca de R$ 14,6 milhões) pedidos. Vale lembrar que o Peixe já desembolsou R$ 7,3 mi ao Hamburgo por 60% do zagueiro Cleber.


Já em relação ao meia Marcos Guilherme, o Santos havia oferecido o atacante Thiago Ribeiro em troca, aceitando inclusive arcar com metade dos vencimentos de R$ 300 mil mensais. O Furacão recusou, mas nem por isso o Peixe desistirá do jovem de 21 anos.

Na presença do dirigente Mário Celso Petraglia, Modesto Roma já tem mais dois nomes a oferecer: os meias Rafael Longuine, reserva de Dorival Júnior, e Serginho, que retorna de empréstimo ao Vitória.

O clube conta com o desejo do jovem atleticano de se transferir à Vila Belmiro. Marcos Guilherme terminou a temporada em baixa na Arena da Baixada e vê com bons olhos defender o Santos.

A ideia da diretoria santista é retornar ao Brasil já com as duas contratações ao menos bem encaminhadas. Resta ao torcedor esperar.