Modesto

Santos não deve mais ir a Miami durante a pré-temporada do ano que vem (Foto: Divulgação/Santos FC)

Léo Saueia e Russel Dias
01/12/2016
16:36
São Paulo e Santos (SP)

Idas e vindas têm marcado a relação entre Santos e Miami Cup. Depois de acertar com a organização do evento a realização de um amistoso com o New York Cosmos para janeiro do ano que vem, em Miami, o Peixe teve que cancelar o projeto. 

Promotores do evento entraram em contato com a diretoria santista na última semana solicitando o adiamento da partida. O argumento utilizado foi de falta de tempo hábil para garantir toda a estrutura para a partida festiva, que contaria com a presença do Rei Pelé, que atuou nos dois clubes em sua carreira.

Uma nova data ainda não foi definida. Organizadores da Miami Cup propuseram fazer o jogo no meio do ano, mas o calendário do futebol brasileiro dificulta que o Santos possa deixar o país com a temporada em andamento para jogar um amistoso. 

O Peixe já tinha praticamente tudo certo para viajar aos Estados Unidos na pré-temporada. Um profissional do clube havia sido encarregado de tirar o visto de todos os jogadores do elenco.

Com propostas da Miami Cup e de Marrakesh para realização da pré-temporada de 2017, o Santos enviou um de seus fisiologistas para as duas cidades com o objetivo de avaliar as instalações, entre elas hospedagem e campos para treinamento.

Depois de flertar e praticamente acertar sua ida a Miami, o Comitê de Gestão do Santos optou por seguir as recomendações do técnico Dorival Júnior e preparar os jogadores no próprio CT Rei Pelé para a Libertadores, mas aceitou a ideia de expor a marca do clube no amistoso com o Cosmos. Agora, nenhuma viagem deverá acontecer dentro das dependências do CT.