Ricardo Oliveira - Santos

Ricardo Oliveira deu entrevista coletiva nesta segunda-feira, na Vila Belmiro (Foto: Ivan Storti / LANCE!Press)

LANCE!
07/03/2016
15:41
Santos (SP)

Ricardo Oliveira não nega que gostaria de ter ido jogar na China, em que tinha uma proposta milionária para ganhar R$ 50 milhões em dois anos. No entanto, ele já deixou claro que a oferta do Beijing Guoan já está no passado e que isso não vai comprometer seu rendimento, vide os dois gols na vitória sobre o Corinthians no último domingo. Segundo ele, esta não é a primeira vez que uma negociação não dá certo.

O camisa 9 do Peixe recorda que em 2006, quando estava no Milan, da Itália, a equipe rossonera queria contratar Ronaldo, do Real Madrid, que exigiu Ricardo Oliveira em troca. Porém, esta seria sua terceira transferência na temporada, o que não é permitido pela Fifa.

- Em dezembro de 2006, estava no Milan e o Ronaldo no Real Madrid. O Milan queria o Ronaldo, e o Real me pediu. Não pude ir para o Real, porque seria a terceira transferência no ano. A Fifa não deixou. Depois, fui campeão da Champions. A vida é assim. Quando entende que as coisas não aconteceram como gostaria e acha que foi ruim, Deus te surpreende. Não faltou gratidão aqui no Santos. Cada um defendia seus interesses. Defendi a instituição, porque não queria sair sem deixar o Santos feliz. As coisas não se deram - contou Ricardo Oliveira em comparação com a não concretização de sua ida pra China.

Questionado a respeito da vontade de ter um aumento salarial, o atacante com quatro gols na temporada disse que não vai cobrar uma valorização do clube por não ter ido à China, mas aceitaria se lhe fosse proposto.

- Muito bem vindo. Seria muito hipócrita, dizer que não. Procuro produzir. Se for procurado, será bem-vindo. Todas as decisões que tomo, olho primeiro para minha casa, necessidade. E tomo decisões, que não são unilaterais. Não penso, sou pago hoje. Bem pago para jogar. Essa é minha paixão. Mas posso falar e afirmo que era apaixonado quando morava no Carandiru e corria descanso no asfalto, jogava na várzea por R$ 50,00. Sou apaixonado e ver o torcedor gritando, não tem preço -  completa.

No momento, Ricardo Oliveira está entre os jogadores mais bem pagos do elenco santista, ao lado de Gabigol e Lucas Lima.