Russel Dias
14/07/2017
06:00
Santos (SP)

O Santos tenta valorizar uma de suas joias e ao mesmo tempo se precaver contra o assédio europeu. Por isso, ofereceu ao zagueiro Lucas Veríssimo, de 22 anos, um aumento salarial e a extensão do contrato, que hoje vai até o fim de 2019 e, pela proposta, iria até 2021.

No entanto, o defensor ainda não aceitou a proposta do clube que o revelou porque quer esperar o Saint Etienne, da França, oficializar uma proposta de 3,5 milhões de euros (R$ 12,7 milhões).

Os franceses, inclusive, têm um representante de sua comissão técnica no Brasil para acompanhar as partidas do Peixe e ver de perto o desempenho do jovem zagueiro, titular do time desde o início da temporada.

O Peixe detém 80% dos direitos de Veríssimo, enquanto o jogador tem 10% e a empresa MGS Sport, que agencia sua carreira, outros 10%.

Nesta temporada, Lucas Veríssimo é o santista que mais atuou, com 34 jogos, superando até o goleiro Vanderlei e o lateral-direito Victor Ferraz, atletas que mais costumam aparecer em campo pelo Peixe.

Com 54 jogos pelo Alvinegro, o garoto já tem o que comemorar.

- Comparado a ídolos do Santos e até a outros jogadores que estão na equipe há mais tempo, ainda é pouco, mas disputar 50 jogos pelo clube que me revelou é uma marca muito importante para minha carreira. Sou muito grato à torcida pelo apoio e pelas demonstrações de carinho que venho recebendo - diz Lucas.

Com passagem pela base do Linense, Lucas Veríssimo foi promovido no Santos B no ano passado, quando também foi titular.