Fabián Noguera - Santos

Defensor fez três jogos pelo Peixe (Foto: Ivan Storti / Santos)

LANCE!
17/10/2016
06:00
Santos (SP)

O empate com o Grêmio em 1 a 1 no último domingo rendeu dúvidas para o técnico do Santos, Dorival Júnior. Apesar do resultado, a atuação do zagueiro Fabián Noguera, que estreou como titular do Peixe, abriu uma disputa na defesa.

O argentino fez o gol do empate, de cabeça, e virou arma do time no jogo aéreo, tanto na defesa, como no ataque.

Segundo o técnico Dorival Júnior, é possível ver o argentino entre os 11 principais, embora não tenha definição.

- Dá (pra ele pensar em titularidade) sempre. Futebol é momento. Quem entra tem que deixar recado, que firme posição. Ninguém acreditava no Vitor Bueno e virou titular. Tenho que respeitar algumas situações. Equipe vem bem na defesa, Luiz Felipe e Gustavo, agora Luiz e Braz. Noguera foi muito bem, carece de sequência, mas estamos dentro da competição em reta final. Importante foi a imagem que deixou.

- Ele ficou quase um ano sem jogar. Oito meses sem trabalhos específicos em campo, teve dificuldades quando chegou. Demos o tempo necessário, dois, três meses, para se preparar adequadamente. Estreou, jogou bem hoje (domingo). Vamos aguardar. Primeira apresentação foi muito boa e deixou recado positivo. Futebol é sequência e vamos ver o que vai acontecer - avaliou Dorival sobre as chances de Noguera.

O argentino foi titular no domingo porque Luiz Felipe cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Para encarar o Internacional, na quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o camisa 2 estará à disposição, assim como David Braz.